HYBE e a falta de pagamento dos dormitórios do BTS

Jimin BTS
Imagem Divulgação
Anúncio

Nesse fim de semana algumas acusações de que o dormitório do Jimin, do BTS, havia sido interditado circularam por toda a internet. O motivo seria por uma suposta falta de pagamento de alguns seguros residenciais obrigatórios na Coreia.

Para quem não esteve por dentro do assunto, vamos explicar o que houve:

Os dormitórios do BTS são de responsabilidade da HYBE, sendo o financeiro da agência quem realiza alguns pagamentos, inclusive essas burocracias. Segundo uma nota divulgada pela própria empresa, eles receberam as solicitações de pagamentos, mas não foram repassadas para o setor responsável. Desencadeando até este momento, no qual o dormitório passa a não pertencer mais a Jimin.

Durante todo esse tempo o idol esteve nos Estados Unidos promovendo os shows, e realizando as participações na ONU, com Permission to Dance. O que muitos se perguntaram é: como os relatórios financeiros do Jimin chegaram até a mídia? Assim, foi descoberto que alguns haters hackearam a caixa de emails do BTS, sendo que essa não é a primeira vez. A última polêmica foi quando liberaram algumas fotos de Taehyung com uma amiga em um museu, garantindo que a mulher seria sua namorada.

As fake news são comuns no Brasil, então para nós não é difícil entender o modus operandi de liberar informações sem fundamento, ou maliciosas para influenciar determinado público.

Os Armys afirmam que as notas foram liberadas como uma tentativa de boicotar a OST With You, escrita e interpretada pelo cantor que teve liberação no último domingo, dia 24.

Anúncio

A Hybe garante que medidas estão sendo tomadas. Esperamos que nenhum membro do BTS fique desabrigado.

Anúncio