Anúncio

Salve galera do SUCO, a Brasil Game Show 2016 foi excelente e com grandes propostas para todos os fissurados em games e tecnologia.

Eu, por assim dizer, tentei aproveitar o máximo jogando os grandes jogos e me enraizando na ala dos indie games e eis que a poucos dias da maior feira da América Latina, fui notificado da presença de Holy Avenger!

Escolha seu personagem e vamos embarcar nas experiências desse jogo!

Das mesas para os quadrinhos

O nascimento de Holy Avenger se deu no final dos anos 90, numa épica revista chamada Dragão Brasil (Que por sinal, vai voltar digitalmente em breve) com o intuito de ser uma aventura para Advanced Dungeon & Dragons e GURPS Fantasy, foi criada pelo Trio Tormenta, composto por Marcelo Cassaro, J.M. Trevisan e Rogério Saladino (Edições 44-46) e posteriormente uma história em quadrinhos, desenhada por Érica Awano.

A história se passa no mundo de Arton, cenário de Tormenta (RPG nacional), quando Lisandra, uma jovem garota da floresta, busca um dos Rubis da Virtude com a ajuda de Sandro Galtran, filho do maior ladrão do reino – Leon Galtran – para ressuscitar um herói paladino que morrera em seus sonhos.

Anúncio

Sandro tenta seguir os passos do pai e ajuda Lisandra a encontrar o primeiro rubi, ele mesmo descobre sobre um segundo rubi em posse da elfa arquimaga Niele, e assim ele e a maga partem em aventuras para procurar outros rubis e a druida Lisandra que segue sua jornada com seu Guardião Tork, um lagarto troglodita mal-humorado, mas de grande confiança.

Dos quadrinhos para os games

Então no início desse ano, a desenvolvedora brasileira Messier Games, desenvolvedora de Kriaturaz e Opus Castle, anunciou juntamente com Marcelo Cassaro, o jogo desse grande marco dos quadrinhos brasileiros. Jogamos o beta lá na Brasil Game Show 2016 e gravamos um pequeno vídeo com um dos desenvolvedores do game Arion, que você pode conferir logo abaixo

Com o lançamento previsto para PC e para Consoles, Holy Avenger é um jogo de aventura com elementos de beat’ em uphack and slash, como clássicos Final Fight, Streets of Rage e outros. O jogo se passará no mundo de Arton, onde os protagonistas Sandro, Lisandra, Tork e Niele serão controlados pelo jogador. Durante a aventura você pode controlar qualquer um deles e com a opção de troca-los durante a fase.

Os comandos são simples, andar, bater, pular e esquivar, além da troca de personagens interna. Cada um dos heróis apresenta pontos fortes e estratégias diferentes durante o combate e da mesma forma combos que eles apresentam. Muitas mecânicas propostas ainda não estavam presentes no beta apresentado na Brasil Game Show 2016, porém a emoção de ver algo nostálgico e saber que muitos elementos como magias, enigmas e combos especiais estarão presentes, anima e MUITO a vontade de jogar.

Se você está pensando que a demo jogável foi fácil, pode tirar sua montaria da chuva! Com 10 vidas disponíveis, eu cheguei ao fim na última! Aproveitei o máximo cada mecânica de cada protagonista, mas não adianta, o Tork sempre foi um dos meus personagens preferidos e graças a bravura dele, eu conquistei minha vitória 😀

Mas você pode estar pensando, e o multiplayer? Teve e vai ser disponível até quatro jogadores simultâneos! Então você e seus amigos poderão derrotar aqueles que impendem seu progresso durante a aventura de Holy Avenger!

Holy Avenger se encontra na Steam Greenlight, acesse AQUI! 

EXTRAS

Anúncio