Anúncio

Estávamos ansiosos para essa novidade, e temos certeza que vocês também! Fizemos uma entrevista com o FAKY, o girlgroup de J-Pop que invadiu o Anime Friends 2019, e tem em seu portfólio o encerramento dos animes Gundam Build fighters Battlogue, com “Chase Me“, e Black Clover, com “Four“, além de ter produzido a música tema do J-Drama Rika-Reverse, com “99“! São ou não são artistas completas e super talentosas? SÃO! MUITO! 

O FAKY é agenciado pela Avex Entertainment, e tem como integrantes Mikako, Taki, Lil Fang, Akina e Hina. Não bastando o talento para canto e dança, as meninas participam ativamente da produção das músicas! As integrantes vêm de diferentes backgrounds, e reúnem no FAKY o melhor delas, garantindo músicas com bastante poder feminino que transmite exatamente o que elas querem, assim como uma coreografia inigualável! 

Sempre ativas, elas estão frequentemente no topo! A integrante Taki, que é metade Brasileira, esteve recentemente no reality showKoi To Ookami Niwa Damasarenai, e inspiradas na experiência, o grupo lançou o single “HappyEverAfter”, que é também um MV!

No nosso bate papo, as meninas do FAKY contaram sobre a carreira do grupo e nos deixaram saber muito mais sobre elas, contando curiosidades, sobre suas histórias de vida, gostos pessoais, sonhos e muito mais. Além disso, elas falaram também sobre como foi estar no Brasil, do que mais sentem falta daqui e deixaram um recadinho para os fãs brasileiros! Prontos? VAMOS! <3 

faky
Lil (FAKY / Imagem Divulgação)

CARREIRA

O que significa o FAKY em sua vida?

  • Mikako: É uma parte enorme de mim. Eu tenho lançado muitas músicas como uma “FAKY” desde que eu era adolescente, e eu sempre valorizei o grupo, pois é uma grande parte da minha vida. Não importa o que eu estivesse sentindo, estando ocupada ou perdida. E eu ainda guardo isso até hoje
  • Taki: Ser parte do FAKY, na minha vida, foi uma grande mudança, um grande passo. E um novo desafio. E FAKY tem pensado muito em mim. Eu sempre mantenho isso carinhosamente em meu coração. Nunca sabemos o que o futuro reserva para nós. Mas FAKY me fez ver o mundo de outro ponto de vista.
  • Lil: Não apenas como uma artista, mas para mim, FAKY é a minha vida
  • Akina: Para mim, FAKY é o que me ensinou paciência e trabalho em equipe. Aprendi muito sobre mim mesma como pessoa e como artista com as experiências que tive com FAKY nos últimos dois anos
  • Hina: Essa pode não ser a resposta, mas é “vida”.

Como sabemos, cada integrante veio de um blackground diferente. Você pode nos contar mais sobre você e sua experiência de vida?  

Anúncio
  • Mikako: Quando subi no palco em uma festa de apresentação do jardim de infância, pensei: “Eu quero fazer este trabalho!” Meu objetivo permaneceu o mesmo desde então, comecei a frequentar um colégio de música e comecei a experimentar a música seriamente. Quando eu estava no segundo ano do ensino médio, também tive aulas na Avex Artist Academy e, quando estava no primeiro ano do ensino médio, fui abordado sobre o FAKY. E assim que me formei no colégio, as atividades do FAKY começaram, e me mudei para Tóquio de minha cidade natal em Fukuoka. Desde aquele dia, minha vida tem girado em torno do FAKY!
  • Taki: Morei em Paris e nas Filipinas. E é por isso que falo 4 idiomas. Minha formação até os 15 anos é bastante normal; Uma garota normal indo para a escola, descobrindo o mundo. Aos 15 anos, comecei a me divertir mais sendo atriz do que apresentadora de TV, e devo dizer que você não sabe o que quer até estar nele
  • Lil: Eu tenho ouvido HipHop desde que estava no colégio e realmente senti o poder da música. Essa experiência me levou a cantar, e no colégio comecei a cantar solo como Lil’Fang, fazendo R&B e outras músicas.
  • Akina: Eu sou metade japonesa e metade americana, e passei minha infância tanto no Japão quanto na América. Eu tive aulas de dança e canto desde muito cedo, e decidi entrar no FAKY no meu primeiro ano do ensino médio. Eu me mudei da Califórnia para Tóquio para este novo capítulo, e tenho trabalhado em Tóquio desde então.
  • Hina: Eu vivi na minha cidade natal, Kyoto, até meus 18 anos. Aos 18, eu passei na audição e entrei na Avex, e eu venho, desde então, trabalhando como artista e modelo

Como é a participação das integrantes na produção das músicas? 

  • Taki: Tanto quanto possível, como membros, todas nós temos nossa parte. Mas o mais importante é compartilhar sentimentos e nem todo mundo é capaz de fazer isso. Dizer o que você sente, o que quer; Expressar o que você está pronto para compartilhar. E essa é sempre a base de cada uma de nossas músicas. Nossas músicas são escritas principalmente por Lil, mas o sentimento é um sentimento que todos nós compartilhamos. Nós fazemos canções sobre a posição de nosso coração, não o que está em alta agora.
  • Lil: Eu escrevo letras e direciono os vocais para a banda. A mensagem que quero transmitir é diferente para cada música, mas a única coisa que temos em comum é que tento escrever letras que cada membro possa cantar de forma persuasiva. Ao fazer isso, acredito que meus sentimentos podem ser transmitidos aos ouvintes de uma maneira direta.

Qual o momento mais memorável do grupo para lembrar como o mais feliz da carreira?

  • Akina: Acho que um dos nossos momentos mais memoráveis como 5, seria nosso primeiro “One Man Show”. Passamos por muitas dificuldades no ano que antecedeu o show, então poder subir no palco juntas e fazer um show sincero foi algo que nunca esqueceremos!

FAKY fez o encerramento de dois animes (Gundam Build Fighters Battlogue com ‘Chase Me’ e Black Clover, com ‘Four’), ambas músicas têm estilos diferentes. Há algum outro conceito de animes que vocês gostariam que suas músicas estivessem como abertura ou encerramento? 

  • Lil: Eu gostaria de tentar e criar músicas que se encaixem em uma comédia, mais do que um trabalho com uma atmosfera séria.

’99’, que teve a letra escrita por Lil, é a música tema do J-Drama “Rika-reverse”. Como foi a experiência? 

  • Lil: Foi a primeira vez que FAKY expressou um romance adulto, então eu sinto que fui capaz de dar mais um passo. No futuro, gostaria de tentar escrever histórias de amor puro também

Que tipo de conceito você gostaria de tentar? 

  • Taki: O conceito que eu amaria experimentar no FAKY, é uma suave canção de amor R&B. Um pouco no estilo de meninos para homens

O que os fãs podem esperar do FAKY no futuro? 

  • Hina: Muitas coisas. Continuaremos lançando novas músicas rapidamente, então por favor, aguarde por isso.

Para aqueles que não conhecem o FAKY, qual música do grupo você sugere? 

  • Mikako: NEW AGE! Eu escolhi essa música porque sinto a força de uma mulher independente, o nervosismo que vem de cada membro e a energia do FAKY.
  • Taki: Acho que a música mais similar com qualquer outra, seriaHalf Moon“.
  • Lil: GirlsGottaLive. Essa é uma maneira fácil de expressar o poder feminino, e essa é a primeira música que nós 5 lançamos juntas, então é muito memorável
  • Akina: Essa é uma pergunta difícil! Lol. Todas as nossas músicas são muito “nós” em diferentes formas, mas eu recomendariaNEW AGE“, porque essa música mostra que nós realmente estamos aqui para deixar nossa marca e deixar nossa pegada na areia
  • Hina: GIRLS GOTTA LIVE. Essa foi a primeira música que lançamos desde que nos tornamos cinco, e é cheia de poder feminino
faky
Hina (FAKY / Imagem Divulgação)

BRASIL

Como foi se apresentar do outro lado do mundo, aqui, na América Latina? 

  • Mikako: Nossos fãs estavam nos chamando desde o momento em que estávamos parados ao lado do palco antes do show começar, e quando o show começou, eles cantavam tão alto que não podíamos nem nos ouvir. Sinceramente, fiquei muito feliz em vê-los curtindo a música do FAKY livremente, como se estivesse absorvendo o som, e isso me deu muita força

O que você acha dos fãs brasileiros? Você gostou da energia do público? 

  • Akina: Nossos fãs brasileiros são tão apaixonados e incríveis! Eu nunca vou esquecer do volume do eco que recebemos dos nossos fãs brasileiros. Nós ficamos completamente chocadas em ouvir a voz de todos nos dando boas vindas no palco depois do nosso show! Mesmo tendo uma barreira de idioma com nossa música, nossos fãs estavam lá cantando cada letra pra gente, e isso foi um momento verdadeiramente tocante para mim

Vocês têm planos de voltar para o Brasil quando a pandemia acabar? Quais são suas expectativas sobre isso? 

  • Taki: É claro que planejamos voltar! Eu adoraria levar as meninas para o RIO. Infelizmente não será o mesmo por causa do vírus, mas ainda é o Rio. Nunca pensei que me sentiria em casa no Brasil, mas eu me senti e adoraria regressar.

Quais os aspectos da nossa cultura e dos brasileiros que vocês mais gostaram? 

  • Mikako: Eu nunca vou esquecer o choque que tive quando experimentei churrasco! Eu amo comer carne e eu frequentemente penso “Eu definitivamente quero comer churrasco!”, então eu como bastante. haha
  • Taki: Eu já conhecia o lado caloroso dos brasileiros e não fiquei surpresa por isso. O que mais me deixou surpresa foi a comida. Eu não estava tão familiarizada com a comida brasileira, apenas com pão de queijo, mas com certeza eu ganhei bastante peso quando eu estive aí. Eu não comi nenhuma comida ruim. Nenhuma!
  • Lil: Eu achei incrível como os brasileiros naturalmente aceitam diferentes culturas e raças.
  • Akina: Eu lembro que nós dirigimos muito no Brasil, e foi super divertido para mim, ver a paisagem lá fora! Eu amo o quão carismáticas as ruas eram com as artes, e eu lembro de ficar chocada ao ver artistas de rua na estrada com o trânsito intenso! Foi algo que nunca vou esquecer!
  • Hina: As pessoas eram todas tão gentis. Mesmo que fosse a primeira vez que eu os visse, eles me tratavam imediatamente como uma amiga, e eu acho que essa é a razão pela qual não é difícil me comunicar com eles mesmo não podendo falar seu idioma.

Quando você voltar para um show no Brasil, há algo que você queira muito viver?

  • Mikako: Eu quero comer churrasco novamente! Desde o dia em que eu comi churrasco no Brasil, eu amei tanto que tenho ido comer churrasco no Japão também… lol
  • Taki: O Cristo Redentor é o lugar que amaria conhecer!
  • Lil: Eu realmente amo pão de queijo! Eu mal posso esperar para comer novamente!
  • Akina: Nós tivemos um jantar adorável e fomos comer churrasco! Essa foi a melhor carne que eu já comi na minha vida e, se nós voltarmos, eu definitivamente quero comer primeiro!
  • Hina: Eu quero comer churrasco novamente. Eu fiquei surpresa com o quão delicioso isso era na última vez que comi.
Faky
Mikako (FAKY / Imagem Divulgação)

SOBRE AS INTEGRANTES

Nós ouvimos que você, Taki, é metade brasileira. Conte-nos um pouco a respeito das suas experiências!

  • Meu pai é brasileiro, fui separada dele. Nunca realmente aprendi a cultura, mas meus avós ensinaram um pouco de português quando eu era mais jovem e a gostar de pão de queijo… Mas isso foi mais do meu melhor amigo de infância em Paris, que era brasileiro, ele é como um irmão para mim! Não há um dia em que não estivemos juntos.

Qual o seu hobby favorito no momento? 

  • Mikako: Cultivar plantas na minha varanda e ir à sauna!
  • Taki: Recentemente, eu me apaixonei novamente por escrever. Eu amo escrever, e eu acredito que é importante expressar seus sentimentos em algum lugar. E através da escrita, meus pensamentos se tornam mais claros. 
  • Lil: Eu sou viciada em anime há muito tempo. Eu assisto todos os dias. 
  • Akina: Meu hobby favorito é brincar com diferentes looks de maquiagem! Se eu tiver um dia de folga, adoro experimentar estilos de maquiagem ousados!
  • Hina: Ir ao rio ou ao oceano. 

Qual a sua comida favorita? 

  • Mikako: Carne e chocolate
  • Taki: Pizza é a minha comida favorita de todos os tempos
  • Lil: Estou viciada agora em sundubu-jjigae.
  • Akina: Minha comida favorita é qualquer coisa com carne! Eu amo especialmente bifes.
  • Hina: Inhame, doces, carne

Além de dançar e cantar, qual a sua habilidade que você mais gosta? 

  • Mikako: Eu gosto de roupas, então minha habilidade é ser capaz de coordenar qualquer item ao meu próprio estilo
  • Taki: Eu costumava ser atriz. Então, atuar!
  • Lil: Eu acho que sou boa em escutar as pessoas e ser capaz de lembrar o que elas disseram.  
  • Akina: Eu também amo escrever letras de músicas, então eu diria que escrever letras de músicas!
  • Hina: Piano!

Qual é o seu principal sonho? 

  • Mikako: Meu maior sonho agora é que o FAKY se torne cada vez maior e melhor. 
  • Taki: Ser conhecida pelo o que posso fazer. Minhas capacidades.
  • Lil: Que o FAKY seja amado por pessoas ao redor de todo o mundo
  • Akina: Meu principal sonho é viajar por todo o mundo e encontrar o maior número possível de fãs!
  • Hina: Fazer a minha família feliz

Qual sua música favorita no momento? 

  • Mikako: Há muitas… Mas a que eu mais estou ouvindo ultimamente é sza.
  • Lil: Eu sempre amei Hip-Hop!
  • Akina: Minha música favorita no momento é Deja Vu, por Olivia Rodrigo
  • Hina: Chill HIP HOP.

Quando você era criança, qual era o seu sonho? Você sempre sonhou em se tornar uma artista?

  • Mikako: Eu sempre quis ser uma artista! Oh, e também designer de roupas
  • Taki: Quando eu era mais nova, eu sonhava em trabalhar em um supermercado. Nunca imaginei que eu seria eu, nesse tipo de trabalho. Nunca imaginei isso.
  • Lil: Quando eu era criança, eu queria ser carpinteira.
  • Akina: Eu sempre sonhei em ser uma artista, mas eu também quis ter um trabalho que envolvesse cuidar de animais e crianças!
  • Hina: Eu queria ser alguém que estaria na TV

Qual música de outro artista você sugere para seus fãs? 

  • Mikako: Sydney Bennett – Body
  • Taki: “Who Says“, por Selena Gomez. Essa música me ajudou muito, e eu tenho certeza que pode ajudar muitas pessoas também
  • Lil: Gostaria que eles ouvissem todas as músicas do Awich.
  • Akina: Minha principal inspiração musical é Jhene Aiko, então eu recomendaria qualquer música dela!
  • Hina: Ruel – Distance

Se você fosse um personagem, qual seria? 

  • Mikako: Rapunzel. Porque meu filme favorito da Disney, de todos os tempos, é Rapunzel!
  • Taki: Eu seria a Julieta de “Romeu e Julieta” porque adoro a sua história romântica.
  • Lil: Konata Izumi, de LuckyStar.
  • Akina: Eu não assisto muito a animes, mas eu acho que eu seria similar ao Ponyo. Tudo o que quero fazer é brincar, estar pelo oceano e comer ramen!
  • Hina: Onpu-chan, de Ojomajo Doremi-chan.

Qual artista mais te inspira? 

  • Mikako: 2NE1!
  • Taki: Selena Gomez.
  • Lil: Os membros (do grupo) são minha grande inspiração! 
  • Akina: Como eu disse anteriormente, Jhene Aiko é minha principal inspiração, mas eu também me apaixonei pelas composições do Ed Sheeran. 
  • Hina: Não tenho um artista específico em mente…

Se você tivesse que escolher apenas uma integrante do grupo para uma jornada de sobrevivência, quem seria e porquê? 

  • Mikako: A Lil! Porque ela parece saber distinguir entre o que é comestível e o que não é comestível. Também porque acho que ela pode fazer fogo.
  • Taki: Eu iria com a Lil, ela é a única que tem músculos. 
  • Lil: Eu escolheria Akina. Ela não parece ser útil nesse tipo de situação, mas ela parece me manter alegre e feliz. 
  • Hina: Akina! Ela é tão positiva e eu sinto como se fosse ficar bem, não importa as circunstâncias. 
Faky
Taki (FAKY / Imagem Divulgação)

JOGO RÁPIDO

  • Qual integrante é a mais engraçada?
    Hina: Todas são interessantes, mas a Lil é a mais interessante para conversar. 
  • Quem é a mais paciente?
    Akina: Acho que a Mikako é a mais paciente. Ela é realmente boa em ouvir o que os outros têm a dizer até o final e depois dá a sua opinião sobre a situação.
  • Qual integrante é a mais séria?
    Taki e Lil: Mikako.
  • Qual integrante é a mais perfeccionista?
    Taki: Akina.
  • Quem é a mais criativa?
    Taki e Hina: Mikako.
  • Quem é a mais fofa?
    Lil: Elas são todas únicas e fofas!
  • Quem come mais?
    Hina: Taki!
  • Quem é a mais criativa?
    Mikako: Akina! Visitei a casa dela outro dia e achei que ela é muito boa em desenhar paredes, colocar acessórios e criar todo tipo de coisa sozinha, então, Akina!
Faky
Akina (FAKY / Imagem Divulgação)

RECADINHO PARA OS FÃS BRASILEIROS

Mikako: “Obrigada por todo o seu apoio ao FAKY! Quando fui ao Brasil para o show, o país era realmente maravilhoso. Eu fiquei muito feliz em conhecer todas as pessoas maravilhosas de lá. Ainda é um tempo difícil, mas estou ansiosa para ver todos vocês o mais rápido possível!

Taki: “Muito obrigada pelo caloroso apoio! Nós não podemos esperar para ver todos vocês! OBRIGADA!

Lil: “Obrigada por todo o seu apoio. 
Nós não podemos vê-los pessoalmente agora, mas nós definitivamente queremos vê-los novamente algum dia! Então, até lá, eu acredito que nossa música continuará nos mantendo conectados.

Akina: “Nós amamos nossos fãs brasileiros tanto e não podemos esperar até o dia em que poderemos nos reunir novamente! Muito obrigada por nos apoiar e eu desejo que vocês fiquem em segurança e se cuidem! Nós te amamos! Xx” 
(Xx: xoxo – beijos e abraços)

Hina: “Eu ainda não posso esquecer a vista que tive do palco no show que fizemos no Brasil, assim como o amor da plateia. Eu definitivamente vou voltar para vê-los novamente, então até lá, eu desejo que vocês fiquem saudáveis e prestem atenção no FAKY!


ACOMPANHE O FAKY NAS REDES:

Spotify | Instagram | Facebook | Twitter | YouTube | TikTok

Anúncio