Anúncio

Está na hora de desembarcar em Oslo e saciar aquela vontade de tomar uma cerveja. É nessa premissa que nosso protagonista de “Dude, Where’s My Beer?!”  está na busca da clássica cerveja Pilsner. Confira a nossa viagem para essa capital da boêmia e em um aclamado estilo de jogo do passado: o Point & Click.

O que poderia dar errado em chegar em um lugar conhecido e pedir aquilo que te traz boas recordações? Essa é a ideia que Arik Zurabian, desenvolvedor de “Dude, Where’s My Beer?!” traz. Então temos um grande problema chegando a Oslo vemos uma tendência hipster no estilo das pessoas e das cervejas que estão sendo vendidas que fez os clássicos desaparecerem.

E nesse momento  que temos um sátira ao momento moderno do mundo com o tom de acidez delicado que serve como uma boa critica. Além disso, o protagonista tem problemas de comunicação. Ele é bem recluso e tímido a ponto de só falar abertamente com bartenders e motoristas de ônibus. E as outras pessoas? Tome uma boa golada de cevada e com um esse pouco de álcool no sangue você pode se soltar, meio familiar isso?

Dude, Where Is My Beer?!
Imagem Divulgação

Puzzles, Cervejas Exóticas e onde está a Pilsner?

Dude, Where’s My Beer?!” é um clássico Point & Click. Resolver os enigmas é a alma do jogo e para isso temos os recursos clássicos de ações do personagem. Interagir com os objetos, olhar para as placas, sair abrindo portas entre outros, mas o importante é usar seu recurso principal: as cervejas. São elas as engrenagens de nossa história que permitem ações e resoluções serem encontradas ao longo da campanha.

A mecânica principal de “Dude, Where’s My Beer?!” é a barra de sobriedade de nosso protagonista. Ao visitar vários bares com temáticas únicas, você consegue cervejas variadas com IPA’s, Stouts, Ales entre outras. Ao consumir elas a sua barra sobe, que permite que você converse com outras pessoas e descobrir mais informações sobre o que está acontecendo em Oslo.

Então completando o desafio de raciocínio temos toda a arte do jogo que é completada pela trilha sonora de David Børke. Desde um bar de heavy metal a um bebê chorando, a sinfonia encaixa na dinâmica de cada local e estabelecimento. Atente-se aos diálogos é importante.

Anúncio

O ponto baixo do jogo “Dude, Where’s My Beer?!” para nós, é ainda não ter uma localização dos textos. Mas se você é um bom aventureiro e um desbravador de segredos, o inglês ou espanhol, não será uma barreira. Ou será que aquela francesa que me deu um vinho sabia disso?

Dude, Where Is My Beer?!
Imagem Divulgação

“Mas não tem Pilsner?”

A verdade universal de nosso protagonista de “Dude, Where’s My Beer?!” é a pergunta Onde está a Pilsner?. Então dentre bar de esportes a clubes noturnos, os comandos do jogos são simples entre só o mouse ou atalhos no teclado para determinar as ações.

O verdadeiro mistério traz muito da história do desenvolvedor Arik Zurabian com várias referencias a Costa Rica, onde viveu e que foi a motivação de encontrar um ilustrador, Edo Brenes. Um simples projeto de um fã da Sierra e LucasArts está estrelando no meio de vários jogos e concorrendo a prêmios.

Então se você é fã de Point & Click, “Dude, Where’s My Beer?!” tem que estar na sua lista de desejo e jogos. Disponível para PC e para versões Linux, você pode conferir na Steam e mergulhar no quebra-cabeça em busca da cerveja clássica e dourada: A Pilsner! E claro que recomendamos o jogo para aqueles que querem se divertir, pelo contexto e e se beber, não dirige, respeite o espaço do próximo e encontre a sua Pilsner!

COMPRE AGORA NA STEAM

Anúncio