smartphone para jogar
Anúncio

Procurando por um modelo que proporcione gráficos melhores ou altas taxas de quadros por segundo? Não sabe como fazer a escolha corretamente? Então este artigo é para você!

Planejamos um guia com cinco dicas para te ajudar a dar um veredito que caiba em seu bolso. Buscamos alguns modelos disponíveis no mercado brasileiro, abordando componentes essenciais que você deve prestar atenção na hora da compra.

O que você quer jogar?

Primeiro, você deve se perguntar qual jogo quer jogar em seu smartphone. Atualmente, games como ARK, Mobile Legends, Free Fire, Fortnite, Genshin Impact, PUBG Mobile, Asphalt 9, Call of Duty Mobile, estão entre os mais populares.

Como o foco por aqui é games, componentes como a câmera acabam ficando em segundo plano, já que o processador é o hardware essencial para sua jogatina ser tranquila. Com este ponto de partida, fica mais fácil delimitar qual faixa de aparelho buscar; seja um modelo mais de entrada, intermediário ou parrudo.

Um complemento dentro deste aspecto é estar ligado nos requisitos mínimos que a desenvolvedora do jogo divulgou, assim você não corre o risco de ter um hardware que não demande um desempenho satisfatório no que você quer jogar. Na dúvida, pegue sempre o superior às recomendações para garantir a performance que deseja.

Não precisa ser um “smartphone gamer”

Um fator que acaba confundindo o público que busca jogar em smartphone: o aparelho deve ser “GAMER”, com a estética ou com softwares dedicados a melhorar a performance? Isso não é determinante!

Anúncio

O principal aqui é o seu aparelho contar com um conjunto de hardware compatível com o que você busca, seja no processamento gráfico, capacidade de bateria e ergonomia – você não quer jogar sentindo-se desconfortável, não é mesmo?! 

Apesar das empresas terem suas linhas focadas em Fotografia, Trabalho e Games, é possível achar bons modelos em cada um destes nichos. Então, fique atento às especificações!

Focar no Hardware

A principal característica para seu sistema não ter travamentos durante as jogatinas – e poder rodar os jogos com uma alta taxa de quadros – é a potência do cérebro de seu aparelho: o Processador!

Idealmente, buscamos um processador com diversos núcleos, como um octa-core (8 núcleos) e a maior frequência possível – é neste último que entra os Gigahertz. Quanto mais núcleos, maior a capacidade de seu smartphone rodar tarefas simultâneas, seja na quantidade de efeitos mostrados em tela ou na velocidade de cálculos que ele precisa fazer. Tudo isso, em conjunto com a placa gráfica disponível.

Vale lembrar que o processador e sua placa gráfica também ajudarão na reprodução de vídeos (como do YouTube) e na execução de sua câmera (e efeitos), por exemplo. Não só em jogos, mas quão melhor estes dois componentes forem, mais agilidade você terá em suas tarefas.

Durabilidade

Quanto mais avançado for o hardware, melhor será a durabilidade. Com isso, a sua escolha proporcionará uma melhor usabilidade e menos travamentos no decorrer dos anos. Apesar de ainda serem populares, modelos de entrada com 2 GB de RAM, como o Samsung Galaxy A10 ou Redmi 8A, são apenas indicados para jogatinas casuais e programas leves. Esta quantidade de memória é impensável para quem busca jogos robustos e agilidade em aplicativos. Você não quer que seu jogo favorito “feche do nada”, não é mesmo?!

Opte por configurações de pelo menos 3 GB, como a de um Samsung Galaxy A20 ou Redmi 8. Caso pretenda usufruir de mais aplicativos rodando ao mesmo tempo, há modelos com 4 GB, como o Samsung Galaxy A51 ou Redmi Note 8; ou ainda 6 GB, como o Redmi Note 8 Pro, são os mais indicados. Quanto mais memória RAM, mais informações o seu processador terá à sua disposição, o que faz com que o dispositivo “perca” menos tempo procurando por dados para te mostrar na tela.

A “outra memória” de seu smartphone também é sinônimo de longevidade. A capacidade de armazenamento é o quanto seu aparelho consegue guardar de dados, seja com aplicativos, sistema operacional ou jogos. Atualmente, jogos mais casuais não ocupam tanto espaço, mas outros como um Genshin Impact, por exemplo, acabam alocando pelo menos 6 GB de sua memória interna.

Fuja dos modelos com 16 GB e busque, no mínimo, os de 32 GB. Nestes casos, ainda é possível melhorar sua capacidade de armazenamento com um cartão de memória externo. Idealmente, hoje se recomenda modelos com 64 GB e 128 GB, que propiciam durabilidade, menos backups e formatações, sem a necessidade de um cartão externo.

Outras dicas / extras

Um fator que eu gosto de priorizar é a ERGONOMIA do aparelho. Onde estão os botões e gatilhos? Como eles auxiliarão na hora da jogatina? E o local dos alto-falantes? Seus dedos acabam “tapando” o som do jogo, caso queira jogar sem fones?

Tudo isso é bom levar em consideração e, caso não possa fazer uma visita  para ver o aparelho pessoalmente, pesquise em vídeos de REVIEWS na internet sobre aquele smartphone que lhe agrada, reparando a disposição dos botões e como o design pode te ajudar na sua PLAY.

Já com relação à tela, ela não irá melhorar seu desempenho num jogo, mas fará diferença na forma como o game será renderizado. Para um melhor apreço por seu jogo, telas Full HD ou Full HD+ propiciam uma resolução agradável aos olhos – ainda mais se for em telas maiores.

Caso opte por modelos da Apple como iPhone 11, 11 Pro, 11 Pro Max, SE e XR, apesar de não serem Full HD, a qualidade da tela Retina proporciona uma alta nitidez e suavização de bordas nos pixels, o que acaba deixando a tela mais natural – e o jogo até mais bonito. É claro que, além do jogo, a tela Retina vai ser um plus para quem busca um dispositivo para entretenimento.

Dentro deste aspecto, telas maiores, com mais brilho, HDR e LED, acabam tomando mais de sua bateria, diminuindo o tempo útil de gameplay. Se teu aparelho conta com menos de 4.000 mAh, evite colocar o jogo no máximo por muito tempo, pois seu hardware terá de “trabalhar” mais, ocasionando mais processamento e recursos energéticos.

Detalhe importante: baixe o jogo SEMPRE EM LOJAS OFICIAIS! Assim, você evita problemas e vírus em sem dispositivo.

Dica: Black Friday KaBuM!

O Black Friday 2020 do KaBuM! terá produtos com até 80% de desconto. É a oportunidade que nenhum Ninja pode perder! Esta pode ser sua chance de trocar de smartphone, seja no site oficial ou no app (disponível tanto na Google Play quanto na APP Store). 

Para agilizar o processo e aumentar as chances de garantir a oferta, nós já aconselhamos você a se cadastrar no site, inserir seus dados corretamente e favoritar os produtos que está de olho. 

Leia também: Como escolher um notebook para jogos

 

Anúncio