Anúncio

Apesar de muitas pessoas e muitos sites tratarem Tóquio como uma cidade, incluindo no Japão, Tóquio, tecnicamente, não é uma cidade, mas uma das 47 prefeituras do Japão, o que equivale a um “estado” no Brasil. Porém, como Tóquio é a capital do Japão, existem algumas características especiais que a diferencia de todas as outras.

Sufixo Diferente

Em japonês, a maioria das prefeituras têm um sufixo em kanji que significa “prefeitura”, que é o 県 (ken). Portanto, os nomes das prefeituras são acompanhados por esse ken, como Chiba-ken. Tóquio é uma das exceções que não utiliza o sufixo ken, mas 都 (to), que significa capital ou metrópole.

Uma Prefeitura bem Dividida

Tóquio é dividida em 23 distritos especiais (区, ku), 26 cidades primárias (市, shi)), 5 cidades secundárias (町, machi/cho) e 8 vilas (村, mura/son). Os “distritos especiais” são como bairros com status semi-municipal, praticamente cidades que lidam com funções administrativas, mas não têm uma autoridade local e são controladas diretamente pelo governo municipal.

Imagem Divulgação

É Muita Gente!

Tóquio tem uma população de mais de 13 milhões de habitantes em uma área de cerca de 622 km², onde mais de 9 milhões de pessoas vivem na área metropolitana, que corresponde aos 23 distritos especiais. Apesar disso, Tóquio é muito organizada e limpa, com serviços que atendem muito bem e de forma rápida a população. Além disso, é uma cidade tão silenciosa, onde as pessoas se esbarram tão pouco, que a sensação é que tem bem menos gente, mesmo no metrô na hora do rush.

História

Antigamente, Tóquio era chamada de Edo, e foi estabelecida primeiramente como uma vila na Era Kamakura (1185 a 1333) até se tornar uma cidade-castelo em 1603, quando o Shogun Tokugawa Ieyasu a tornou a capital do governo, já que o local tinha uma posição estratégica para as rotas comerciais por terra, rio e mar. Já Em 1721, Edo se tornou a cidade mais populosa do mundo e o centro político e comercial do país, mas ainda não tinha o título de capital imperial, o que aconteceu somente na Era Meiji (1867 a 1912).

O nome Tóquio só surgiu em 1868, quando o castelo de Edo se tornou a residência oficial do novo imperador, tornando-se a “Capital do Leste” (東京, Tokyo). Em 1889, Tóquio ganhou o título de cidade com 15 distritos especiais, mas foi somente em 1º de julho de 1943 que a então cidade se tornaria uma prefeitura. Mais tarde, após a Segunda Guerra Mundial, Tóquio se juntou a outras regiões além dos 23 distritos especiais, tornando-se uma grande metrópole com 62 municipalidades.

Anúncio

Imagem de capa por @jezar.mx

Anúncio