Anúncio

Yo! Eis que retorno a este portal pra lá de supinpástico para lhes trazer mais um REVIEW das novidades que nossa tão querida e odiada Jump nos trouxe esse ano. E o mangá da vez nos trás uma história sobre um esporte um tanto incomum, tente adivinhar:

Nesse esporte se usam tacos, bolas e luvas, tempo …………………………………….acabou o tempo.

Se sua opção foi baseball, devo lhe dizer que sinto muito, pois dessa vez o mangaká Tadatoshi Fujimaki, famoso por ter feito Kuroko no Basket, decidiu inovar seu repertório e mostrar que o golfe pode render muitas histórias emocionantes. Sim, você não leu errado: é um mangá sobre golfe.

Enredo

O mangá recebe o nome de Robot x Laserbeam e veio para ser mais um da série “como se pronuncia o X nesse mangá”. Nele conhecemos o protagonista Roboto Hatohara, um jovem colegial sem muita expressão ou emoção, que prefere ver o mundo através apenas de sua lógica matemática (às vezes chega a ser estranho, digo, mais do que o comum).

Roboto não é muito fã de esportes, pois não entende o sentimento de querer superar seus adversários e nem o sentido de se competir. Tal opinião abala totalmente seu colega de classe Tomoya Nakata que se tornou um fanático pelo golfe e tenta com todas as forças convencer Roboto a entrar no clube de golfe da escola, mas acaba falhando miseravelmente em todas as tentativas.

Porém, o que todos não sabiam (nem mesmo o próprio Roboto), era que Roboto possuía uma incrível técnica com o taco de golfe e mesmo sem saber nada sobre as regras ou jogadas, conseguia utilizar sua lógica matemática somada ao seu estranho lançamento, apelidado de Laserbeam, para lançar a bola sempre no local exato. Isso só faz com que Tomoya sinta mais vontade de levar Roboto para o clube de golfe.

O Deus do swing, um samurai entra em campo

As habilidades de lançamento de Roboto se mostram incríveis no campo e impressionam todos os que as veem, porém, não foram apenas os membros do clube de golfe que puderam presenciar suas jogadas, alguém muito mais impressionante e perigoso se interessou pelo jovem de face inexpressiva. Uma das mais jovens lendas do golfe, um prodígio com alma de samurai que derrota todos os seus oponentes de maneira cortês e séria, tal pessoa atende pelo nome de Muira Yozan (sons de trovões para causar mais impacto).

Yozan possui a mesma idade que Roboto e após abandonar a prática do Kendo, dedica-se de corpo e alma para se tornar o maior dentre os golfistas. Yozan é capaz de avaliar uma jogada pelo som que a bola faz ao ser atingida pelo taco e, no que parecia ser um dia normal de treinos, ele ouve o que jamais esperava ouvir, o som de um lançamento perfeito ecoou repetidas vezes no campo de treino, impressionando nosso samurai que dedicou seus próximos dias a encontrar o autor das jogadas a fim de desafia-lo.

E quando suas esperanças já estavam se esgotando, o tal som da perfeição voltou a ser ecoado assim como o dono daquele lançamento foi finalmente revelado, era ninguém mais ninguém menos que Roboto Hatohara (mais trovões).

Se você ficou curioso em saber como um colegial amador que não sabe nada sobre golfe irá enfrentar um prodígio lendário, Robot x Laserbeam está sendo publicado pela Weekly Shounen Jump e possui, até o momento, oito capítulos da história e um capitulo extra onde Tadatoshi Fujimaki brinca com as semelhanças entre suas obras e a maneira como elas são desenhadas.

Não deixe de conferir, eu vou ficando por aqui.

Até a próxima!