Anúncio

Frozen 2 estreou a pouco tempo mas já é o 6º filme de 2019 a alcançar a marca de 1 bilhão de dólares na bilheteria mundial.

A sequência, também dirigida e escrita por Chris Buck e Jennifer Lee, é a 14º maior bilheteria de todos os tempos com US$1,325 bilhões, superando a bilheteria do primeiro filme, que tinha arrecadado US$ 1,281 bilhões.

frozen 2

Todo esse sucesso nos faz pensar: O que Frozen traz de diferente?Hadija Chalupe, professora de Cinema e Audiovisual da ESPM Rio respondeu a essa pergunta:

“Frozen foi um marco na ressignificação das animações baseadas em contos de fadas e nas histórias das princesas da Disney. O filme também somou forças com a efervescência dos debates sobre o protagonismo feminino. As personagens são destemidas, curiosas, aventureiras e a salvação, ou o ato de amor verdadeiro, não é o beijo de um príncipe, mas a conexão de duas irmãs. A nova geração de meninas precisava dessa revisão do papel ocupado pela mulher e Frozen 2 parece dar continuidade à reflexão. “

Há não muito tempo atrás a história das princesas era restrita a espera do resgate, papel quase que exclusivo do príncipe, mas não é assim que funciona agora. Apesar da demora, estamos tendo mais representatividade de como nós mulheres podemos e devemos ser a heroína da nossa própria história e definitivamente não precisamos de alguém para nos salvar.

Em uma entrevista para a revista Screen Daily, a diretora e roteirista Jennifer Lee disse: “Nós podemos fazer qualquer tipo de personagem, mas com Elsa a gente queria mostrar onde ela está em sua vida, e como ela se sente com a pressão de carregar o mundo. Nós não estávamos focando em amor romântico” (Tradução: Observatório Do Cinema).

Tanto no primeiro, quanto no segundo filme Elsa não tem interesse romântico e até mesmo Anna tendo Kristoof do seu lado, não precisa da ajuda dele para salvar a vida de sua irmã. O filme apresenta uma nova perspectiva e traz uma importante reflexão para todas as meninas e meninos que assistiram a animação: Não é apenas o amor romântico que é importante na vida das pessoas e que você não precisa de um homem para te salvar.