O casamento Marvel e Disney parece não ter um fim, isso é ótimo, que seja eterno, pois mais uma vez é utilizado a fórmula de sucesso para os filmes de heróis, e de novo acertaram.

Confira também: Star Wars: Os Últimos Jedi | Review

Pantera Negra é aquilo que todo fã de filmes de super heróis espera, entregue conforme o esperado, mesmo com as velhas piadas fora de hora, o sucesso de bilheteria é certo, doa quem doer, eles acertaram de novo.

pantera negra poster
Pantera Negra (Pôster Japonês)

O Rei de Wakanda

O filme conta a história do rei de Wakanda, e toda sua trajetória para se tornar um grande líder, vivido por Chadwick Boseman, T’Challa – ou Pantera Negra. Todo o estilo do continente africano misturado com o avanço tecnológico do metal Vibranium, faz Wakanda ser com certeza o melhor lugar que o universo Marvel já apresentou, mostrar cada canto dessa terra maravilhosa é realmente um grande trunfo do filme.

A trama é muito bem amarrada, mesmo nas cenas mais paradas, a tensão permanece e o velho alívio cômico entra e funciona perfeitamente, mas ainda sim, a Disney segue com essa ideia de colocar piadas fora de tempo, quase beirando o pastelão, só não chega a ser porque em muitos outros pontos esse humor acerta. Claramente a fotografia desse filme é o maior marco, e não se trata dos efeitos visuais, e sim o enquadramento, de cair o queixo, mesmo nas cenas mais escuras, é encantador.

O visual é rico e belo, além de todo os aparatos tecnológicos de Wakanda (Imagem Divulgação)

Construção de Personagens

A construção de personagem é outro ponto marcante que rasga elogios, mesmo que o filme possui personagens mais de alívio cômico como o de Andy Serkis, ele ainda sim consegue fazer um ótimo vilão (que não é o principal), nivelando o lado sério do piadista.

Porém, mesmo que ninguém tenha passado desapercebido, uma personagem rouba os holofotes até do protagonista, a general Okoye, interpretado por Danai Gurira (a Michonne de The Walking Dead).  Ela é a mais intensa, forte, segura e ainda funciona com o humor, nenhum alívio cômico escrachado, principalmente que o impacto de ser uma general, uma figura militar de grande importância casou lindamente com a atriz, ofuscando o tão amado Pantera Negra.

Danai Gurira como Okoye, em Pantera Negra (Imagem Divulgação)

Experiência Garantida

O cinema é uma junção de emoções que faz com que o filme assistido seja uma experiência marcante e prazerosa, de choros e medos à risos e alívios, e nessa fórmula que Disney e Marvel caminham juntos, acertam em tudo, fazendo os erros passarem despercebido.

Pantera Negra é mais um filme na conta para desse universo que tantos amam e idolatram – e com razão.