Anúncio

Com o passar dos anos o panorama dos famosos estúdios de Hollywood mudaram, a bola da vez no mundo do entretenimento agora parece ser as plataformas de streaming. O fácil acesso a diferentes conteúdos está fazendo com que muitas empresas já estabelecidas no mercado procurem outras formas de conectar-se com o novo público alvo. Coisas que há 15 anos atrás pareceriam loucura agora estão mudando. Pelo jeito, estúdios que dependem apenas de canais de TV e cinema estão ficando para trás e aparentemente a Metro Goldwyn Mayer, ou MGM, percebeu isso e está aberta a negócios.

A MGM tem sido um estúdio marcante em Hollywood desde 1924, foi responsável pelas produções como James Bond, Rocky, O Hobbit, O Mágico de Oz, Legalmente Loira e muitos outros clássicos do cinema. De acordo com o canal de notícias CNBC, o estúdio norte-americano está na fase inicial das negociações sobre um possível acordo. A MGM tem tido conversas com diferentes plataformas de streaming como a Netflix e a Apple para colocar algumas de suas produções nos catálogos.

A última grande aquisição da Apple foi a Beats em 2014, por US$ 3 bilhões, já a Netflix nunca fez isso antes. Levando em conta que a Apple é bem mais recente que a Netflix, e portanto tem menos assinantes, acreditasse que é mais provável que a nossa veterana consiga levar esse prêmio pra casa, mesmo nunca tendo feito uma aquisição tão grande como essa. A MGM está avaliada atualmente em US$ 10 bilhões.

Apesar de ser uma boa notícia para os assinantes dessas plataformas, temos que pensar também o quanto o mercado está ficando saturado com os mesmo conteúdos e aqueles que não se adequam a esse padrão estão sendo engolidos pelas empresas mais fortes. Caso as coisas continuem assim, será cada vez mais difícil artistas serem capaz de expressar suas diferentes ideias se elas não se adequarem a linha das empresas influentes.