mob psycho 100

Se você ainda não viu o primeiro episodio de Mob Psycho 100 e pouco sabe sobre essa animação, não o culpo.

Mesmo achando isso bem estranho não cheguei a ver um grande movimento, ou um hype com essa maravilhosa surpresa em forma de animação entregue pelo estúdio BONES, que adaptou o mangá do autor ONE.

Sim, é o mesmo autor de ONE PUNCH MAN, e caso você não esteja familiarizado com esse estúdio vale citar entre tantas obras já produzidas: FullMetal Alchemist Brotherhood, Darker Than Black, Boku no Hero Academia e Space Dandy.

Uma introdução destruidora

Em Mob Psycho 100, vemos nos primeiros segundos de tela – SIM nos primeiros segundos meu amigo – algo que já impressiona. Uma animação de combate que foge dos padrões conhecidos pela maioria, toda aquela informação com uma pegada surrealista, experimental, colorida e desenfreada, torna todo aquele trecho algo muito bem colocado no começo do episódio.

Para mostrar para onde o anime está disposto a levar você ele se utiliza de uma palheta de cores bem psicodélica, monstros fora do normal, ou mesmo no visual caótico da coisa que enfrenta os monstros, todos esses elementos que dão um show a parte, se mesclam e MUITO bem na hora da ação. Essas passagens são o charme de Mob Psycho 100, isso é fato. Porém se essa introdução não o fizer sentir aquele gostinho de quero mais, então eu creio que esse não seja um anime para você.

Você vai acabar rindo disso

mob-psycho-cartazPela introdução pode ser que você pense que o anime é sobre batalhas loucas, com monstros mais loucos ainda, mas não meu caro otaku de conclusões precipitadas. Esse é na verdade um anime predominantemente de comédia, coisa que fica bem clara após a introdução do personagem mais trambiqueiro da trama, Reigen: chefe e mestre de mob, que logo no começo tenta vender seus serviços de exorcismo, claramente furados, para uma senhora com o rosto esquisito. Sério esse cara me lembra o Agostinho de “A Grande Família” de tão papo furado que ele é.

O humor em Mob Psycho 100 é bem escrachado em sua essência, a ideia é essa e o anime faz questão que você pegue a ideia no primeiro episodio, fazendo você rir de situações bem variadas, tanto no traço dos personagens quando nos diálogos.

Em determinados momentos, existem misturas de estilos de animação em cenas que contribuem de forma muito positiva para fazer um contraponto entre o sério e o engraçado, deixando bem nítido o apelo cômico da obra. Algumas cenas que focam mais em reações e expressões de personagens, lembram aquelas cenas de Bob Esponja, onde o rosto dos personagens era desenhado totalmente diferente do traço habitual, dando assim uma maior atenção as reações ou intenções de personagem. Vale também citar como alguns reagem aos poderes de mob como se fosse a coisa mais normal do mundo o que é bem engraçado.

Um anime sincero

Por fim, se você procura apenas se divertir a cada episódio sem muito comprometimento, se está na busca de algum anime onde você não consiga conter seu sorriso no rosto, Mob Psycho 100 é uma boa pedida. Ele não vai mentir para você, ele sabe a quê veio, sabe também quem é seu publico alvo, e essas são coisas que fazem muita diferença na hora de assistir um anime.

É aquele tipo de coisa que ou você ama ou odeia, e os motivos para ambos os sentimentos podem ser bem parecidos, só variando de interlocutor. De qualquer forma, dê uma chance ao Mob e você provavelmente não vai se arrepender.

ASSISTA NA CRUNCHYROLL