Anúncio

Para quem anda(ou) acompanhando séries como ‘Tokyo Ghoul’ e ‘Pyscho Pass‘, já sacou a qualidade do power trio ‘Ling Tosite Sigure’ não é? Unindo a música complexa e melodias marcantes, a banda chega ao seu estrelato, pelo menos fora do Japão.

Lingua Tosada o quê?

Também conhecida como Rin Toshite Shigure, a banda formada em 2002 une diversos elementos dentro do rock – ou pelo menos do lado mais alternativo dele. Talvez, o que mais marca a banda é na questão vocal de TK: O cara – que também assume as guitarras – consegue uns sussurros extremamente agudos. Isso dá uma cara bem interessante para a banda.

Outra questão com a musicalidade, são as linhas complexas de todo o instrumental e alguns contrastes de voz melódicas e screams. Já citei como o vocal TK manda uns agudos não é? Mas saca só os agudos da baixista 345 (ou Miyoko) na música ‘Abnormalize‘, abertura de ‘Pyscho Pass’.

Da discografia

A banda lançou até o momento cinco álbuns e se você ainda não ouviu nenhum, recomendamos o quarto da carreira, ‘Still A Sigure Virgin?’ de 2010. Obra completa e fascinante pra quem curte bateria e baixo. Foi com este trabalho que a banda conseguiu grande visibilidade, tocando até em festivais na Inglaterra.

 

TK (Tori Kitajima): Frontman  e principal compositor da banda, ele fica com os vocais principais e da um regaço na guitarra. Além de mandar uns agudos estridentes, ele também ajuda e cuida da parte de mixagem, produção e engenharia de som dos álbuns.

TK ou Toru Kitajima
TK ou Toru Kitajima

345 (Miyoro Nakamura): Cuida das linhas de baixo e dos vocais secundários. Além de eu #Bellan achar uma das maiores baixistas de sua época, a japa aí manda muito nos vocais de contraponto, mesmo sendo tão agudo quanto de TK. Um fato interessante é de que foneticamente os números 345 tem os mesmos significados de ‘mi-yo-ko’, na sequência. A guria aí declarou que curte design, toca em outra banda chamada ‘Geek Sleep Sheep’, que tem nada menos na batera que Yukihiro do l’Arc~n~Ciel. No clipe abaixo, saca só a partir dos 1:20…

Pierre (Masatoshi Nakano): O batera manda toda a rítmica complexa da banda. E isso tudo vem sabe de onde? De influências como X Japan, Luna Sea e Slipknot. Conhecido no mundo da batera com sua exímia técnica, o cara já gravou um DVD-aula, ‘Chaotic Vibes Drumming’. Tá pensando o quê? :3

Chaotic Vibes Drumming, por Pierre
Chaotic Vibes Drumming, por Pierre

Acho que deu pra conhecer um pouco da banda não é? Parece que eles voltam com o próximo tema da nova temporada de Tokyo Ghoul. Só resta esperar! 😀

Site Oficial

Facebook