A segunda temporada de Jessica Jones foi lançada no dia 8 de março de 2018 na Netflix, com todos os 13 episódios. Data escolhida por motivos óbvios, já que é o dia mundial da mulher. A produção continua a mesma, e os atores antigos retornaram para a série, além de contar com personagens novos.

Continuamos seguindo Jessica em seu trabalho de investigadora particular, agora tentando superar o que passou com Kilgrave e o que fez no fim da primeira temporada. Seus amigos, Trish e Malcolm, continuam aparecendo regularmente, se tornando cada vez mais importantes, e ganhando seus próprios arcos.

Marvel's Jessica Jones
Jessica Jones (Imagem Divulgação)

Enfrentando Pesadelos 

Nessa temporada, cada personagem terá que enfrentar seus pesadelos, fantasmas do passado, e seus piores medos. Acredito que esse seja um ponto marcante da série, pois os personagens estão passando por situações diferentes, com os mesmos significados por trás, e cada um enfrenta da “melhor” forma que consegue, mesmo que seja de forma errada.

Jessica (Kirsten Ritter), está tentando superar o fato de ter matado Kilgrave, e lidar com os pensamentos de que é uma assassina, já que matou duas pessoas. As pessoas começam a criticá-la por isso, a deixando numa posição horrível. Além disso, agora tem que enfrentar seus fantasmas que assombram seu passado, desde a morte de sua família até como conseguiu seus poderes.

Marvel's Jessica Jones
Jessica Jones (Imagem Divulgação)

Envolvimento no Passado

Ela começa uma investigação contra um grupo chamado IGH, pois há uma suspeita de ter algum envolvimento com o passado dela. Fora tudo isso, Jessica ainda tem que lidar com problemas de raiva, já que se tornou uma bomba relógio, e qualquer coisa a faz explodir de raiva.

Trish tenta deixar de ser “inútil”, já que pensa que por ser fraca fisicamente não consegue ajudar apropriadamente as investigações com Jessica. Além disso, ela enfrenta um dilema, continuar com sua vida normal ou fazer diferença, mas acaba mudando muito. Ela se torna uma personagem bem irritante durante a série, tomando decisões precipitadas.

Malcolm, agora treinando com Jessica para ser um investigador particular, tem que enfrentar a sua vida antiga antes de entrar no vício das drogas, e aceitar tudo o que perdeu, além de tentar se manter sóbrio.

E Hogarth tem que enfrentar seu maior medo, tentando ser forte e resolver tudo sozinha. Outra personagem que também perde o controle e toma várias decisões erradas, comprometendo a si mesma.

Marvel's Jessica Jones
Jessica Jones (Imagem Divulgação)

Kilgrave e seu retorno

Kilgrave aparece na série como já tinham dito em notícias, e o ator David Tennant continua com uma performance magnífica, deixando, de certa forma, saudades de seu personagem, mesmo que seja odiado. Faz todo sentido suas cenas, e acrescentou bastante à segunda temporada

Outra questão importante abordada na série é o preconceito e medo das pessoas “normais” contra as pessoas dotadas. Dessa vez explorou o que foi tratado rapidamente na primeira temporada, que é o fato das pessoas dotadas só trazerem desgraça. Basicamente o que é tratado em Guerra Civil e nos X-Men. Tanto que há pessoas com poderes que os escondem por medo, ou evitam de usar perto de pessoas “normais”.

A série mostra outros personagens que ganharam poderes da mesma forma de Jessica, ampliando o universo, e mostrando como eles lidam com seu poder, e como isso afeta sua vida e de outros. Também mostra como as pessoas “normais” tentam usar os poderes desses dotados a seu favor, os tornando ferramentas.

A segunda temporada de Jessica Jones serve para explicar todo o passado da personagem, e como ela se tornou quem é, o que explica muita coisa da primeira temporada. As duas se completam, fechando bem esse passado de Jessica.

Marvel's Jessica Jones
Jessica Jones (Imagem Divulgação)

Deve continuar!

A série termina deixando pontas soltas para uma próxima temporada. Já dá para ter algumas ideias devido aos quadrinhos, e podemos esperar coisas boas vindo por aí.

Quanto à parte técnica, a abertura continua a mesma. Algumas cenas ficaram muito bem filmadas, mas não é algo muito espetacular já que estamos falando de uma produção para “televisão”.

Continuou a qualidade da primeira temporada, e recomendo para quem gostou da primeira continuar acompanhando, pois essa segunda temporada tem muita coisa boa. E para quem não gostou, devia dar mais uma chance, pois pode achar essa temporada melhor.

ASSISTA AGORA NA NETFLIX!