got7
Imagem Divulgação
Anúncio

A JYP, assim como, SM, YG, e agora a HYBE, são o sonho de muitos jovens, por serem as responsáveis por lançar grandes nomes, então, o que levaria um dos maiores grupos a não renovar o contrato? Vamos explicar de uma vez o que aconteceu com o GOT7 e o que podemos esperar daqui para frente.

Em janeiro desse ano, o grupo k-pop anunciou que não renovaria o contrato com a sua, até então, empresa representante JYP, e pela falta de familiaridade com essa situação, a separação deixou diversas dúvidas, como se o grupo permanece junto, ou se houve alguma briga, mas se acalmem, já de cara podemos garantir que não houve nenhuma briga entre os membros, a relação dos integrantes está melhor do que nunca como podemos acompanhar pelas redes sociais.

A resposta na verdade é a mais simples do que parece, inclusive a saída dos garotos não foi uma grande surpresa para os Ahgases, já que os integrantes vez ou outra reclamavam da falta de liberdade dentro das produções, o caso mais grave, foi quando o líder, Jb, informou que mesmo tendo escrito a faixa Not By The Moon, não parecia ser sua, devido as diversas alterações feitas pelo próprio Park Jinyoung (CEO da JYP). Depois de diversos descartes, e desentendimentos quanto a identidade do grupo, sem muito alarde os integrantes decidiram romper com a empresa, visto que sua dívida de Debut já está paga a alguns anos.

Agora respondendo a maior das dúvidas: Eles se separaram? NÃO! O grupo permanece junto, mas sem uma empresa representante, dessa forma eles podem trabalhar como solo, e como grupo quando quiserem, sem prestar contas! O Yugyeom e o Bambam por exemplo, estão em divulgação de seus trabalhos solos, Point of view, e Ribbon.

Os sete conseguiram levar consigo não apenas o nome do grupo, mas também os direitos das músicas, o que torna mais claro que eles estão longe de ser a parte quem perdeu!

O que é certo, é que o GOT7 continua o mesmo, inclusive a faixa Encore é o primeiro trabalho do grupo independente!

Anúncio

Anúncio