Anúncio

Olá, sejam muito bem vindos, aqui é a Jenni e hoje vou comentar um pouco de um dos animes mais sangrentos da Temporada de Outono 2018, Goblin Slayer, do estúdio White Fox e disponível na Crunchyroll.

Goblin Slayer foi baseado na light novel de mesmo nome de fantasia sombria escrita por Kumo Kagyu e ilustrada por Noboru Kannatuki. A história se segue em um mundo de fantasia, muitos aventureiros vem de lugares distantes para se juntar a Guilda.

Uma sacerdotisa inexperiente, ingressa em sua primeira aventura, mas se veem em perigo depois que seu primeiro contrato de aventureiros que envolve da errado e quase todo seu grupo é dizimado pelos goblins. Depois que o resto do seu grupo é abatido ela é salva por um homem conhecido como Goblin Slayer, um aventureiro, cujo único propósito é a erradicação dos goblins.

goblin slayer
Goblin Slayer (Imagem Divulgação)

Animação

Não há grandes destaques na animação em um geral, ela é bem simples, entretanto, muito bem executada. Ela segue um padrão de traço bem parecido com a maioria dos Isekais que estamos acostumados.

Algo que não faltou em seu primeiro episódio foi violência, espadadas, perfurações por lança dentre outras coisas foram animadas de forma fluida e eficaz, dando aquele sentimento de nervosismo a cada ataque desferido por goblins ou seus caçadores.

goblin slayer
Goblin Slayer (Imagem Divulgação)

Violência chegando com o pé na porta

Se você está esperando um anime com divertidas aventuras e waifus felizes, eu aconselho você a passar para o próximo da lista, pois ninguém está salvo nessa obra. No primeiro segundo de tela a obra já se mostra a que veio com o olhar desesperado da protagonista.

Vemos todo o tipo de violência, nesse mundo sobrevive o mais forte e eles fazem questão de deixar isso claro logo de cara no anime dizimando o grupo que a protagonista se une em sua primeira missão de forma brutal. Os goblins se mostram extremamente agressivos, porém os humanos também, que os matam da forma que conseguirem, uma batalha sanguinolenta que parece nunca ter fim.

goblin slayer
Goblin Slayer (Imagem Divulgação)

Personagens

Conhecemos poucos personagens e a maioria morreu ao término do episódio, o que nos leva mais a questionar, como essas mortes vão ecoar com nossa sacerdotiza e como ela vai agir após tal acontecimento e claro, quem é esse Goblin Slayer, qual sua real índole, qual sua real motivação?

Censura

Após ler os primeiros 5 capítulos da obra para fazer uma comparação com o anime, creio que mesmo ainda tendo uma boa censura o anime acertou na dose. Ainda se manteve muito agressivo, mostrando sangue e não fundos negros, ou coisas que normalmente tornam obras com teor mais violento ruins.

goblin slayer
Goblin Slayer (Imagem Divulgação)

Minhas expectativas sobre a obra

Acabei por cair de paraquedas nessa obra, já haviam me falado muito dela, porém sempre acabei colocando em segundo plano para ler mais tarde. Quando anunciaram, esperei pelo mangá sem ler nada sobre a história, tive uma bela surpresa com o que vi, a obra que se mostrou mais sangrenta do que eu imaginava, apesar de já saber que iria conter violência, não imaginava que era nessa intensidade.

O primeiro episódio já mostra que decisões ruins são um pecado fatal Aqui. Má organização ao adentrar a um covil de goblins, mal armazenamento de items e até mesmo entrar em um dungeon sem uma tocha para checar o caminho é pago com a vida aqui.

Ao fim me veio apenas me veio a mente a frase sobre o anime: “Antes você tinha minha curiosidade, agora tem minha atenção”.

ASSISTA AGORA NA CRUNCHYROLL