Anúncio

Saudosas manhãs de desenhos animados dos anos 80/90 com centenas de animações sobre carros, robôs, criaturas virtuais, aventuras, fantasia e outros.

Confira também: Colônia Contra-Ataca: O Jogo | Primeiro Gole

Desenhos da Disney sempre atrai pessoas de todas as idades principalmente no cinema nos dias de hoje. Dentre vários um icônico desenho é marcado pelo seu tema de abertura e chamou a atenção de muita criançada tornando-se hoje uma pura e rica nostalgia.

Prepare o sofá, pegue o controle remoto e o lanchinho com o suco porque o REVIEW de DuckTales: Remastered está no ar!

Ai vem um furacão, Vem emoção…

Dos criadores Carl Barks e Jymn Magon, DuckTales é uma série de quadrinhos que teve a adaptação para as telinhas no fim dos anos 80, contou com 4 temporadas e 100 episódios. Nas telinhas tupiniquins, a animação já passou pela SBT (1987 e 1996) e Globo (2009) e nos canais fechados.

A história em si é em torno do Tio Patinhas que envolvendo todos ao seu redor viaja ao longo de todo o mundo conhecendo tesouros, povos e culturas conquistando tesouros e resolvendo mistérios.

Tem Corrida e Avião, Tem sensação…

Originalmente DuckTales foi produzido pela CAPCOM e Disney Interactive Studios para o NES, nosso querido Nintendinho, em 1989 e logo em seguida para o Game Boy em 1990 no auge da animação. A equipe de produção foi a mesma da série do Mega Man e vendou mais de um milhão de cópias no mundo inteiro, se tornando um dos grandes jogos do NES. Em 1993 temos a sequência desse jogo (DuckTales 2) também para os mesmos consoles.

Em 13 de Agosto de 2013 Duck Tales: Remastered foi lançado, a CAPCOM e a WayForward Technologies que desenvolveram essa versão para várias plataformas: PlayStation 3, Xbox 360, Wii U, Windows e em Abril de 2015 para iOS, Android e Windows Phone.

ducktalesVelhos castelos, Belos duelos…

DuckTales: Remastered tem conceito clássico de um jogo de plataforma onde tudo se inicia com a invasão da mansão do Tio Patinhas pelos Irmãos Metralhas. De primeiro momento a preocupação é com a famosa moeda de 1 dólar mas chegando ao banco ele descobre que seus sobrinhos-netos Huguinho, Zezinho e Luizinho foram capturados tendo início a primeira fase do jogo que serve bem como um tutorial das ações que você pode realizar.

Os comandos são bem simples, movimentação pelos direcionais, pulo e ataque, porém o charme é o pula-pula com a bengala que é a arma principal, para realiza-la basta apenas pular e ativar o botão de ataque.

Ao fim da fase Tio Patinhas pega um papel criptografado de um dos Irmãos Metralha e no seu supercomputador ele criptografa descobrindo que existem 5 tesouros espalhados que devem agregar valor à sua piscina de moedinhas.

Duck Tales uh-hu, são os caçadores de aventura, uh-uh…

Na tela de seleção de cenário temos 5 estágios possíveis para jogar: Amazônia, Transilvânia, Minas Africanas, Himalaia e a Lua. Sim, você não leu errado não, eles vão à Lua!

Cada fase apresenta uma dificuldade e até mesmo alguns enigmas para desvendar além disso o jogo prende a atenção que no decorrer da fase sempre você descobre informações sobre o misticismo e as lendas do lugar, claro que atenção redobrada principalmente para baús secretos, paredes ilusórias e tesouros secretos.

Ao longo das fases é bem provável que você trombe outros personagens da série que te auxiliam quebrando alguns blocos ou até mesmo dando vidas que são importantes. A cada final de fase você enfrenta um chefe, geralmente eles apresentam um padrão de ataque porém no modo difícil não é tão previsível. Ao final dos 5 estágios principais a última fase se passa no Monte Vesúvio onde a temível Pata Patalógika se encontra e uma fase desafiadora cheia de manhas e pulos sobre o magma desse vulcão.

Todos eles são grandes figuras uh-uh…

Duck Tales: Remastered traz uma nova pincelada nos gráficos, um jogo 2D com traços de profundidade dando até uma característica 3D para o jogo além dublagem das vozes feitas com os dubladores originais da animação. Ao completar o jogo pela primeira vez você pode liberar o som original, sim ouvir os temas e a música de abertura em 8-bits!!!

Dentro do jogo há uma galeria a qual você pode trocar seus ricos ganhos durante o jogo para ver artes conceituais dos cenários, personagens e inimigos, além das músicas do jogo.

Nossos amigos enfrentam, Mas há perigos que afugentam…

Por ser um jogo de plataforma ele traz um bom desafio principalmente no difícil onde você apenas começa com 3 corações podendo chegar até 5, enquanto no normal e no fácil 8 corações.A jogabilidade é boa, a resposta dos controles é fácil tendo apenas algumas funções além dos traços de animação muito bem feitos!O looping da música nos cenários pode incomodar um pouco principalmente para aqueles jogadores que vão calmamente explorando cada canto para procurar segredos escondidos.

O jogo tem mais prós além de que não se fazem mais um remaster ou remake sem as conquistas para prender o jogador a concluir o 100% do jogo!! Então vai levar um tempo pois você pode entrar nas fases novamente para coletar mais dinheiro… porém ai vem um contra mas que eu acho um desafio: caso você perca tudo o que foi coletado é ZERADO então se chegar no chefe e perder a última vida… Tio patinhas não vai gostar disso!

Tudo isso acontece em Duck Tales uh-uh e Por isso a garotada só quer Duck Tales!

DuckTales: Rematered é o clássico jogo que desafia o jogador, além de ter um ótimo enredo que envolve o jogo. Não é difícil você se encontrar em situações arriscadas mas é aquele momento que a paciência compensa!

 

REVIEW
DuckTales: Remastered
Artigo anteriorLightning em campanha da Louis Vuitton no Brasil
Próximo artigoDracomics Shonen | Conheça os mangás selecionados
Avatar
O Soket é um cara comum que geralmente tem umas idéias de conteúdo ilógico, consegue ser um piadista ruim em 99,9% dos casos. Gosta de um bom e velho rock n’ roll além de jogar RPG de mesa. Se um apocalipse zumbi acontecer... minha opção seria uma boa despedida num balcão de bar.