Tá apaixonado? Ainda não se declarou por quem ama? E se você tivesse uma ajudinha? Estela pode te ajudar! E ainda armar algumas confusões – que só ela viu? 😛 No REVIEW de hoje, Diário de Estela: quero minhas asas!,  o primeiro de uma série de três livros escritos pela dupla Stern & Jen.

Vem com a gente!

Checklist Grupo Pensamento | Março 2017

Diário de Estela: quero minhas asas! conta a história de um anjo do amor, Estela, que está prestes a ter sua “maioridade” e se formar no Instituto Nuvens Altas, adquirindo suas tão desejadas asas. Mas para isso, ela precisa concluir uma missão e ainda por cima, reportar para o professor mais linha pesada do local: Joel!

E qual a missão? Simplesmente fazer com que um casal de APS (Amigos Para Sempre) se apaixonem! Difícil não? Ela acha que não e logo almeja diversos planos para tentar unir os dois e selar um início de relacionamento com um beijo, mas…

Diario de Estela: quero minhas asas! (Capa Divulgação)

Um Diário de Missões

Escrito em formato de diário, a fácil leitura do livro faz com que você comece sua leitura sem vontade de dar uma pausa se quer – é possível terminar numa tarde. Na maior parte escrito em primeira pessoa, nele temos o ponto de vista póstumo de um dia de ações de Estela; dando certo seus planos ou não, ela interage com o leitor de forma de confessionário mesmo, e isso é bem intrigante, já que acabamos criando um vínculo de amizade com  protagonista.

Além de Estela, a trama gira em torno do seu professor Joel – a quem ela deve reportar suas ações – e também ao casal Nick e Emma, ambos amigos e estudantes de uma mesma escola. Para dar um tempero nesta jornada da anjinha, temos uma rival no amor, Jéssica, apaixonada por Nick e que fará de tudo para conquistar o seu amado, ou seja, um empecilho nas artimanhas de Estela.

Estela corre contra o tempo – se ela não terminar no prazo, não terá o direito de ter asas!

A voz de Jen e a forma de Stern

Para ilustrar as ações escritas por Jen, grande parte das páginas conta com uma ilustração, bem no estilo mangá, feitas por Stern, o que se aproxima até mesmo de uma light novel que estamos acostumados a ver pro aí.

Ainda não encontrei alguma informação sobre as autoras estarem ligadas com os quadrinhos ou até mesmo com o cenário japonês de mangás – e se alguém souber, por favor, deixe nos comentários – e se eu descobrir algo sobre, trago-lhes para vocês aqui!

Essa é uma gangue que de vez em quando, atrapalha os planos da Estela!

Relacionamento e Público-Alvo

Durante a leitura, algo que me remeteu aos tempos de infância, foram com os três planos de Estela em fazer o casal beijar, com cenas no Parque de Diversões, Piscina do Clube e o famoso e tão conhecido Teatro da Escola, com o clássico: “Quem será o Príncipe e a Princesa”? Com toda certeza, alguma (ou todas) estas cenas irá mexer com a imaginação e nostalgia de vocês, remetendo a alguma memória!

Indicado ao público mais jovem, eu diria que o livro funciona bem na faixa-etária dos 8 e 13 anos e claro, se o irmão mais velho ou algum pai aí quiser ler junto com o filho(a), vai ter uma agradável e divertida leitura.