Uma das coisas mais questionáveis no mundo, são as provas concretas de lendas urbanas, ou qualquer boato sobre o submundo e coisas relacionadas.

Muitas invenções, muitas mentiras e poucas provas. A nova era da internet possui muitos contos de terror os quais são feitos pelos próprios fãs do gênero, mas acredita-se que poucas lendas urbanas são citadas em casos relacionados a homicídio.

Mistério

Slenderman: homem alto, de grandes braços, sem rosto, usando um terno preto, de acordo com a lenda, ele mata suas vítimas estrangulando elas com seus tentáculos, mas certas coisas não estavam claras referente ao Slenderman.

O documentário sobre a criatura explica coisas as quais estavam muito vagas sobre essa lenda, para aqueles que conhecem o básico sobre o Slenderman, pode descartar; o documentário não só diz sobre como ele aparece na vida das pessoas, como sua origem e seus “objetivos” envolvendo suas vítimas.

Justiça

No documentário Cuidado com o Slenderman (Beware the Slenderman, no original), que irá ao ar segunda-feira, 15 de maio de 2017 na HBO, também mostra um caso que está na justiça até os tempos atuais, aliás o mesmo será julgado mais uma vez esse ano.

Muitas vítimas são entrevistadas as quais viram o Slenderman, deixando uma enorme dúvida no ar sobre a existência da criatura, porém o documentário foca muito na história das vítimas antes do acontecimento, e isso referente aos tempos de bebê das mesmas, o qual ficou bem monótono, além de não saber o que aconteceu com a vítima que quase morreu. Talvez a família não quis se envolver nesse caso, poderiam ter informado alguma coisa.

Além de sua existência

Há algumas comparações e citações de histórias mais antigas que te faz pensar sobre o Slenderman, além de sua existência, também questiona-se seus motivos, pois faz entender que ele é mal interpretado e talvez a razão dele ser assim, é por proteção àqueles que o vêem ou vingança.

Jornalistas citam ele como mais um meme virtual, mas o impacto que essa lenda causou, pessoas que o viram, além dessa tentativa de homicídio, causou um terror em muitas famílias nos EUA, fazendo as crianças das mesmas ficarem em depressão.

A resposta?

A HBO trouxe a tona um tema não só polêmico diante do que ele causou na vida de muitos, como misterioso pelo fato dele não possuir muita informação, além dos contos no site Creepypasta, videos de pegadinha, games de terror, imagens e textos de certa “idolatria” ao homem sem rosto.

O documentário deixa no ar apenas uma dúvida àqueles que assistirem, um meme que causou terror psicológico nas crianças, ou um protetor dos fracos e oprimidos que são alvos de bullying? A resposta? Ninguém sabe.