Anúncio

Fala sucolinos! Vamos com a sequência de Blacksad – Volume 1: Algum lugar em meio às sombras, em mais uma obra prima de Juanjo Guarnido e Juan Diáz Canales publicado pela editora SESI-SP, com Blacksad – Volume 2: Arctic Nation. E já adianto minha opinião: superou a primeira aventura! 

Conspiração, Amizade, Tensão e Suspense

Basicamente, estas são as palavras-chave que melhor define Arctic Nation, com um chamado da aventura logo nas primeiras páginas onde temos John Blacksad em uma busca de uma criança desaparecida. E nessa, o que parece ser uma trama linear, desenvolve para um emaranhado de conspirações e sociedades extremistas retratadas brilhantemente pela dupla de artistas.

A tensão Noir se esparrama pela neve e clima frio dos cenários, onde temos o primeiro personagem secundário importante da saga, o repórter investigativo – muito atrevido, por sinal – Weekly. É muito interessante como os dois acabam “se conhecendo” e vendo que mesmo em posições diferentes, possuem muito em comum, principalmente na vontade de resolver casos e crimes em aberto.

blacksad 2 arctic nation

Desenvolvimento do Mundo

Diferente do primeiro volume onde “senti” uma ênfase maior em retratar as diferentes características e tipo de antropomorfismo das personagens, o roteirista buscou expandir o mundo em Arctic Nation.

Além das características climáticas denotadas numa composição sublime da arte de Guarnido, uma parte dos animais também são escolhidos de forma temática, como Urso Branco, engrandecendo a imersão diretamente com o leitor. Tudo isso casa perfeitamente nos tons de cores escolhidos e garante cenas de clímax com contrastes espetaculares!

blacksad 2 arctic nation

Dois Lados Extremos

As referências histórico-sociais estão de volta, e ainda mais efervescente – em comparação ao debut. Arctic Nation trata além da Questão Racial, a problemática das ideologistas extremistas (até alusões a Ku Klux Klan), aqui, liderado por dois grupos: dos Animais Brancos e dos Animais Pretos.

Dentre toda a investigação que segue um padrão thriller policial, o desenvolvimento abre janelas de compreensão com o leitor, não somente com as personagens em questão, mas também no “teste de história e memória”, onde você deverá se perguntar em um determinado momento “já vi isso aqui” e “já ouvi algo sobre isso”.

A cereja do bolo fica com o humor ácido e característico do protagonista felino, permeando a linha tênue do Politicamente Correto, o que achei de uma inteligência incrível – e notável – já que leva uma carga imensa de informação em pouco mais de 50 páginas.

blacksad 2 arctic nation

Resolução Inteligente

Outro fator para que eu ache esta obra ainda mais superior que a anterior, é de como trabalham bem o “discurso de resolução do crime”, que diferentemente de grande parte da Indústria Quadrinista (e até Cinematográfica), Canales traz uma reflexão pomposa sobre tudo o que se passou durante a leitura e traz surpresas plausíveis.

Com um cuidado editorial rebuscado e caprichado, é gratificante ter uma obra na íntegra como esta no Brasil. A leitura continuará, pois John Blacksad se meterá em muitas aventuras ainda…

Título: Blacksad Vol. 2
Autor: Juan Díaz Canales
Ilustrador: Juanjo Guarnido
Tradução: Miguel Del Castillo
Editora: SESI-SP / SITE OFICIAL
Páginas: 56
Ano: 2017
ISBN: 9788550405421

COMPRE AGORA NA AMAZON