Anúncio

Aggretsuko ou Agressive Retsuko, é um Original Net Animation (ONA), uma obra publicada diretamente pela internet. Assim como a primeira e segunda, essa nova temporada foi transmitida pela Netflix.

Leia também: Aggretsuko (Segunda Temporada) | Review

É um anime de comédia e slice of life, baseado em na personagem criada pela Sanrio. Essa temporada contém 10 episódios, que já estão disponíveis no streaming.

A nova abordagem de Aggretsuko

Aggretsuko mostra a vida de uma panda vermelha chamada Retsuko, que trabalha como uma contadora em um escritório. Ela tem que lidar diariamente com seu chefe problemático e colegas de trabalho que podem ser bastante difíceis também. Quando se estressa ao ponto de chegar no seu limite, ela vai ao karaokê e desabafa cantando death metal.

Cada temporada de Aggretsuko trabalha um lado diferente da protagonista. Nessa terceira temporada não vemos a Retsuko com problemas no trabalho, por exemplo. Isso é deixado de lado, deixando espaço para mais um dilema em sua vida: a busca por um lugar que a aceite por quem ela é; um lugar onde sinta que pertence.

Novamente o anime traz questionamentos bem realistas em alguns aspectos, não somente na trama de Retsuko, mas também de outros personagens.

Personagens e suas tramas pessoais

Haida ainda está apaixonado por Retsuko, mesmo depois de entender que ela só o via como amigo. Uma personagem nova aparece na vida de Haida, a Inui. Isso faz com que ele se questione sobre seus sentimentos, ficando dividido e sem saber o que fazer.

Gori tem um novo projeto, seu aplicativo para casamentos. Ao mesmo tempo está realizando seu sonho de ter um apartamento próprio, mesmo com todas as dificuldades.

Washimi está na vida dos investimentos, se mostrando ainda mais madura do que já aparentava ser. Auxilia Retsuko em vários momentos do anime, sempre com soluções pé no chão.

Fenneko e Tadano têm menos destaque nessa temporada, mais servindo de conselheiros do que outra coisa. São ótimos personagens, que sempre divertem quando aparecem em cena.

Outros personagens surgem a partir do momento em que a vida de Retsuko toma um rumo totalmente diferente do esperado. São muito carismáticos também, sendo fácil criar um laço apesar de pouco tempo de história.

Com tantos personagens e tantos dilemas diferentes, é bem provável que se identifique com algum deles em algum momento – ou em todos.

Uma temporada estranha, mas poética

Quanto a trama em si, acredito que a terceira temporada tenha sido um pouco inferior as demais em alguns aspectos e em outros me surpreendeu de forma positiva. Ficou bem balanceada, pendendo mais para o lado positivo, como sempre.

O fato do Haida ter tido mais destaque foi um dos pontos altos. Ele é um personagem super carismático, que normalmente fica à sombra de Retsuko. Além disso, outro ponto positivo foi ter libertado finalmente Retsuko das próprias amarras que ela criou.

Não vou falar muito para não dar spoilers, mas me senti perdida nessa temporada. Não estava entendendo para onde ia a série nos primeiros episódios. Depois tudo se acerta, mesmo com os elementos nonsense de sempre.

O final foi bem poético, digno da personagem. Agora estou mais ansiosa para saber como se desenrolará a próxima temporada, pois teve um pequeno gancho que tem grandes chances de ser bem explorado no quarto ano – caso tiver.

A staff sempre sabe trabalhar Aggrestuko de forma adulta, mesmo com a aparência infantil. Isso agrada até mesmo aqueles que não têm costume de assistir animações. Para quem já acompanhava antes a série, pode assistir tranquilamente, pois no terceiro ano Aggretsuko continua surpreendendo.

ASSISTA AGORA NA NETFLIX