act-age
Anúncio

O site oficial da revista Shonen Jump, publicada pela Shueisha, anunciou nesta segunda-feira (17/08) que a venda e a distribuição do mangá Act-Age, de Tatsuya Matsuki e Shiro Usazaki, serão suspensas indefinidamente. Isso inclui a versão impressa dos 12 volumes já publicados, assim como a versão digital pelo site da Shueisha (a partir das 23:59 de segunda-feira) e de outras plataformas digitais gradativamente. Além disso, foi confirmado que a publicação do volume 13 em diante também será suspensa.

Não apenas os mangás serão cancelados, mas também o calendário de 2021 de Act-age que estava programado para o dia 4 de setembro; o prêmio do Concurso Fotográfico da feira japonesa NatsuComi 2020, um Tosho Card (um cartão de presente) que será substituído por um cartão de outra obra; 200 brindes do box de DVD de Rasetsujo Stage Play; e o Jump Shop 366-Day Sticker do mangá.

Contudo, a Weekly Shonen Jump ainda planeja enviar os presentes de Act-Age oferecidos nas edições 21/22 e 33/34, e na revista Jump Giga 2020 Primavera; assim como os 10 broches distribuídos aleatoriamente pela Jump Character Store. Porém, os leitores podem cancelar o recebimento dos presentes, se desejarem.

O editor da Weekly Shonen Jump anunciou segunda-feira passada que a continuação do mangá estaria cancelada. O capítulo que foi lançado na junção das 36ª e 37ª edições, distribuído na última terça-feira, será o último. O serviço online da Shueisha, MANGA Plus anunciou no dia 8 de agosto que não publicará o capítulo final em sua plataforma. Além disso, a agência japonesa Hori Pro cancelou a adaptação de Act-age para uma peça de teatro.

Matsuki e Usazaki lançaram o mangá Act-age na Weekly Shonen Jump em janeiro de 2018. O mangá foi nomeado para o 43º Prêmio de Mangá anual da Kodansha no ano passado.

Act-age foi cancelado pois Matsuki foi preso por cometer crime de importunação sexual de menores.