Anúncio

Ultraman já está aí a um belo tempo e muita gente nem sabe que tem mais de uma temporada. É um pouco triste, mas, não vamos falar disso hoje, mas sim do mais novo filme da Série Ultra, o (Ultraman R/B – O filme: O Cristal da União ou Ultraman R/B The Movie: Select! The Cristal of Bond!), distribuído no Brasil pela Elite Filmes.

Enredo

Depois do fim de Ultraman R/B, evidentemente os Kaiju pararam de aparecer na Terra. Isso fez com que todos pudessem seguir com seus sonhos, menos para Katsumi Minato.

O jovem Ultraman Rosso ainda não tinha uma meta certa para o futuro (Tirando ajudar seu pai na loja). Com isso, ele visita um velho amigo para pedir um conselho. Graças a uma série de acontecimentos, o Ultraman Geed aparece para ajudar e Katsumi acaba indo parar em um planeta desconhecido, cerca de 7 milhões de Anos Luz da Terra. Será ele capaz de voltar, ajudar seus amigos e derrotar o mais novo e maligno Ultraman?

Ultraman

Poder da amizade? Está mais para família!

O filme bate em duas teclas o tempo todo: sonhos e família. Vemos que o Ultraman Blu seguiu sua vida e pesquisa, pai dos garotos continua com seu negócio, a mãe deles é diretora de uma agência e Asahi Minato segue sua vida como estudante. Mesmo com tudo isso, Katsumi não tinha um objetivo. Ele tenta buscar um de diversos modos, mas, todos falhos. Uma dica, não faça como ele, o garoto descobriu seu objetivo na pura sorte.

A outra tecla, família. Ultraman Geed é filho de Belial, o que fez com que ele tivesse esse receio de maldade e certa culpa. Isso acabou criando um grande receio por família dentro de Riku, afinal, ele não sabia o que significava família. No final, temos muito foco nisso e em diversas cenas, afinal, os irmãos Ultra deixam bem claro o que é família com seu companheirismo.

Falando em “Irmãos Ultra”, fiquei impressionado com a aparição de um novo Ultra. Asahi Minato, que costumava ser Grigio Regina, acaba se tornando a Ultrawoman Grigio! Com isso, os três irmãos (Ultraman Russo, Ultraman Blu e a novata) se fundem para uma nova forma, o Ultraman Groob. Um Ultra com poder colossal, capaz de coisas que jamais saberemos pois apareceu muito pouco. Mas, mesmo assim, é sempre bom ver um novo Ultra.

Ultraman

Produção

Não estou dizendo que o filme não me agrada, mas, estou um pouco triste com certas coisas. Todos sabem que o Tokusatsu tem sua fama por ser um pouco tosco as vezes graças a alguns efeitos. Mas, dessa vez eu tenha umas insatisfações meio chatas: em alguns ângulos, era possível perceber uma cabeça flutuante (Essa só pega aqueles que viam o falso Ultraman voando no original), algumas vezes o filme não sabia o que queria e fatores assim.

Apenas por conta disso devo diminuir um pouco minha nota, afinal, é triste ter que tirar esses pontos de um filme que tinha tudo para dar certo.

Conclusão

Ultraman R/B é muito bom. Sua história se perde as vezes, mas, são poucos momentos. Infelizmente achei um pouco rushado em algumas cenas, mas, isso não tira a boa experiência que tive com o mesmo.

Recomendo para todos os fãs de Ultraman ou Tokusatsu. Se não viu, recomendo que veja a série do Ultraman R/B. É um dos mais diferenciados e um de meus favoritos da Série Ultra.

ASSISTA NO CINEMA VIRTUAL

Texto por Percival.