Anúncio

Smile Down the Runway, ou no original, Runway de Waratte, faz parte da Temporada de Inverno 2020. É um anime Escolar, de slice of life e drama.

Foi baseado em um mangá de mesmo nome, de Kotoba Inoya. O mangá tem por volta de 12 volumes até agora e é serializado pela Shounen Magazine (Weekly). Além desse mangá, o autor tem somente mais uma obra, a “Hoshi ni Negai wo”.

O anime é dirigido por Nagayama Nobuyoshi, mesmo diretor de “Happy Sugar Life” e “Sounan Desu ka?”. E o estúdio é o Ezòla, que só tem esses três animes no portfólio. Não é um grande estúdio ainda, as obras adaptadas antes não foram muito boas, mas Runway veio para mudar isso.

Designer vs Moda

Smile Down the Runway conta a história de dois personagens principais: Fujito Chiyuki, estudante e filha de um dono de uma agência de modelos, e Tsumura Ikuto, estudante colegial de família simples. Eles estudam juntos e acabam se aproximando, já que têm sonhos em comum, ambos relacionados à moda.

Ikuto quer se tornar um designer de moda, criando roupas como ele sempre fez, desde criança, mas de forma profissional. Já Chiyuki quer se tornar modelo, e é algo que ela treina desde cedo também. Mas ambos enfrentam obstáculos que podem fazê-los desistirem de vez dos seus sonhos.

Chiyuki é muito baixa para modelar, tem 1,58cm. Ninguém desse meio quer contratá-la por isso. Ela é muito bonita, além de estar no padrão de beleza: loira, olhos azuis, cabelo liso, branca, magra. Mas sua altura é o que mais importa. Apesar de ter talento e saber modelar, ninguém dá créditos a ela, e alguns nem dão chance dela mostrar seu potencial.

Ikuto vive em uma família simples, e sua mãe está doente no hospital. Não tem dinheiro para pagar cursos e comprar tecidos de qualidade, por isso é menosprezado várias vezes, por várias pessoas. Mas, apesar de ser apenas um colegial, e ter aprendido tudo sozinho, Ikuto demonstra muito potencial, além de aprender rapidamente tudo o que lhe ensinam.
Ao longo do anime, eles vão fortalecendo a amizade, se apoiando e se incentivando a continuar. Chiyuki cria oportunidades para Ikuto e vice-versa, mostrando a força que eles têm juntos.

Smile Down the Runway

Perdas e Conquistas

O anime começa de um jeito interessante, mas não pareceu que ia muito longe. Mas, ao final, você já está totalmente apegado aos personagens, se emocionando com suas perdas e conquistas.

Outros personagens entram em cena e logo te cativam também. Além dos protagonistas, há uma outra menina com um sonho que parece “impossível” também. O anime traz várias quebras de estereótipos, que vão muito além do protagonismo.

Algumas coisas acontecem e pode passar pela cabeça de alguns “isso não aconteceria na realidade” ou “é o poder do protagonismo” (não podemos esquecer de que esse é um anime shounen). É notável que muitas coisas foram mais “fáceis” para os personagens, já que a Chiyuki já estava dentro do meio, por ter o pai com um cargo importante na indústria da moda. Isso pode incomodar quem for mais crítico.

Smile Down the Runway

Procurando animes sobre “moda”?

A animação é bem feita, nada muito espetacular, mas cumpre seu papel. É difícil ver uma oscilação grande, as cenas são bem desenhadas e animadas. Está muito fiel ao mangá também.

Falando sobre a abertura do anime, ela é cantada pela Ami Sakaguchi e se chama “Lion”. É uma música animada e doce, não é muito marcante, beirando a genérica, mas combina com o anime. Quanto ao encerramento, é cantado pelo Jae Joong e se chama “Ray of Light”. É uma música bem mais melancólica e dramática, mas é mais marcante que a abertura, principalmente seu refrão.

Smile Down the Runway não é um anime muito marcante, e não é um dos melhores da temporada, mas ele se mantém bem ao longo dos episódios, tanto de roteiro quanto de animação. Vale a pena assistir, ainda mais se gostar do tema “moda”. Vai trazer algumas reflexões sobre sonhos e o que fazemos para conquistá-los, mas é uma obra simples, no final das contas.