Anúncio

A Temporada de Verão 2022 já começou e os novos animes já estão a todo vapor, muitas obras novas e sequências aguardadas já estão tomando as telas de todos os otakus, claro que não podia faltar o gênero de esporte, esse que vive uma crise de criatividade sem fim, mas que ainda consegue trazer um ou outro título bom. Dessa vez um antigo título retorna para tempos atuais, Shoot! Goal to the Future, trabalha a essência genérica do esporte que pode te fazer amar a obra em muitos aspectos ou passar muito longe dela de tão repetitiva se mostra em tela.

Todos sabem que existem altos e baixos no esporte, e dependendo do acontecimento, pode te marcar de formas extremas, Yoshiharu Kubo é o típico protagonista amargurado que em algum momento da infância deu tudo errado em sua carreira futebolística e hoje prefere julgar todos que praticam o esporte, provavelmente podemos ter uma virada de mesa quanto a personalidade dele, isso porque ele reencontra seu amigo de infância Kouhei Kokubo no time adversário, antagonista craque camisa dez que se mostra mais uma arma secreta do que o capitão do time, o que poderia ter se mostrado um confronto de velhos amigos virou material para todos os fujoshis fazerem artes e fanfics do casal.

Não vejo problema nisso, mas não precisa fazer uma construção forçada e extrapolada desse jeito, de cara corada a todo momento e fazer o camisa dez sair driblando de olho fechado e chorando ao mesmo tempo se mostrou um tanto exagerado na minha opinião, tanto que o colega de time do protagonista, Jou Kazama se mostrou mais shipavel que o amigo de infância, e nenhum vínculo ainda foi feito entre eles a não ser inimizade, sim, eu sei que a ideia não é falar de ships nesse anime, mas com uma construção dessas fica difícil.

A combinação de trilha sonora e toda arte para o público shounen pode ser o ponto mais forte até agora do anime, apesar eu detestar aquele efeito de laser nos olhos que guiam o movimento dos personagens, acredito que vai funcionar bem para o conjunto da obra. Única coisa que incomoda nos dois primeiros episódios é o excesso de flashbacks, sei que é para explicar a origem da amizade de infância e o drama do protagonista, mas estamos falando de um anime virado para o público shounen, muitas lembranças para pouco futebol, espero que o decorrer do anime possam pelo menos nivelar entre momentos atuais e flashbacks emocionais.

Shoot! Goal to the Future é uma sequência direta do anime Shoot! de 1993, trás muito uma vibe Boruto de ser, ou seja, acho que só se você for um fã do anime clássico pode acontecer de você dar uma chance, mas eu não assisti a obra antiga e essa sequência me mostrou bem feita para aqueles que estão conhecendo Shoot! pela primeira vez, poucos animes conseguem sequenciar sem precisar assistir o antigo, méritos demais para a direção.

Enfim, o anime se mantém no clichê dos esportes virado para o público shounen, parece repetitivo contudo se mostra bem divertido e gostoso de assistir, podemos colocar ali entre os animes medianos da temporada que podem surpreender mas não estourar. Espero que pisem no freio com o drama pessoal dos personagens e segurem um pouco todo o material para fanfics, pois basta o fato de ser um anime de esporte para poder shipar tudo o que é personagem da obra.

Anúncio

ASSISTA AGORA NA CRUNCHYROLL

Anúncio