Anúncio

Na cidade de Nasu, na prefeitura de Tochigi, no Japão, uma pedra tem dado o que falar depois de ter rachado ao meio. O que acontece é que, de acordo com lendas, essa pedra aprisionava um espírito maligno há cerca de 1000 anos e, como ela partiu, esse espírito pode estar à solta pelo país.

Mas como a rocha se partiu e que espírito maligno é esse? Você vai confiar agora!

Tamamo no Mae, a infame Raposa de 9 Caudas

De acordo com as lendas, a pedra é o cadáver de Tamamo no Mae, uma bela mulher que era na verdade uma raposa de 9 caudas. Ela estava a mando de um daimiô (senhor de terras) que queria matar o Imperador Toba (1107 a 1123) e tomar seu trono. De acordo com a literatura da Era Muromachi (1336 a 1573), quando a Raposa de 9 Caudas foi morta por um guerreiro famoso chamado Miura-no-suke, seu corpo se transformou em uma sesshoseki.

Mais tarde, um monge budista chamado Genno parou para descansar perto de uma pedra e foi ameaçado pelo espírito de Tamamo no Mae. Diante disso, Genno fez rituais de exorcismo e pediu para que o espírito se arrependesse. Ela concordou e o monge fez um serviço memorial budista para que o espírito descansasse em paz.

O que é Sesshoseki?

O termo sesshoseki geralmente é usado para nomear grandes rochas e pedras localizadas nas áreas com gases vulcânicos tóxicos. O nome de Pedra Assassina veio justamente dos gases ao redor que matam pássaros e outros animais que se aproximam. Quando o termo sesshoseki é usado, ele é comumente usado em referência ao sesshoseki de Nasu, mas, na realidade, existem pedras do tipo em outras partes do Japão.

A região foi registrada como um local histórico pela prefeitura em 1957 e desde 2014 é um ponto de visitação que só é suspenso quando há muitos gases sendo expelidos.

Anúncio

Qual a real causa da ruptura da Rocha?

A explicação para sua ruptura é bem mundana. De acordo com a prefeitura de Nasu, a pedra se partiu por causas naturais, como no famoso ditado “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”. Alguns moradores locais ainda relataram que a pedra já estava rachada, então é provável que a água da chuva acabava entrando na rachadura, causando a eventual quebra. Essa explicação põe uma pedra no assunto da lenda, garantindo que a vida seguirá normalmente da Terra do Sol Nascente.

Tamamo no Mae
Imagem Divulgação

Alguns japoneses se mostraram preocupados com o mau presságio de um espírito maligno andando por aí, mas outros brincam que ao ver como o Japão está esse ano, o espírito sairá correndo com medo e voltará para ficar na pedra por mais 1000 anos. O mais curioso é que a prefeitura está estudando restaurar a pedra à sua forma original já que este é um ponto turístico.

Anúncio