[NOTA DE CANCELAMENTO]

CCXP anuncia que a quadrinista Nicola Scott não estará mais presente na quarta edição do evento, que acontece de 7 a 10 de dezembro em São Paulo, por questões pessoais.

A CCXP Comic Con Experience, maior comic con do planeta, que reuniu 196 mil pessoas em 2016 e bateu o recorde de público em comic cons no mundo, anuncia a primeira quadrinista confirmada para sua quarta edição, que acontece de 07 a 10 dezembro, no São Paulo Expo.

Confira também: Venda de ingressos para a CCXP 2017 começa na próxima terça e o evento traz novidades para o público

Pela primeira vez no Brasil, a australiana Nicola Scott, artista de Mulher-Maravilha, estará no evento todos os dias em uma mesa no Artists’ Alley, área destinada a quadrinistas e ilustradores.

Depois de uma breve carreira de atriz, Scott decidiu em 2001 se tornar artista de quadrinhos. Sua estreia aconteceu na série australiana The Watch, publicada pela Phosphorescent Comics, onde a artista foi responsável pelos desenhos das capas. Contratada pela Top Cow Comics em 2003, teve participação em Star Wars: Império #26, publicado pela Dark Horse Comics. Esses trabalhos chamaram a atenção da DC Comics, que a contratou em meados de 2004.

Nicola Scott
Nicola Scott (Imagem Divulgação)

Na DC, a artista colaborou com a escritora Gail Simone em Birds of Prey (Aves de Rapina) e Secret Six (Sexteto Secreto). Em 2010, desenhou a Mulher Maravilha pela primeira vez para Blackest Night (A Noite Mais Densa) e foi anunciada como a artista oficial de Teen Titans(Novos Titãs), onde ficou até 2011, ano em que desenhou os volumes 3, 5 e 6 de Superman.

Em 2012, a DC anunciou Scott e o escritor James Robinson como a equipe criativa da Terra 2, uma série com foco na Sociedade da Justiça da América. O trabalho de Scott nessa série foi descrito como seu “avanço mainstream“. A artista desenhou ainda a série Black Magick, escrita por Greg Rucka, com quem manteve a parceria até o ano passado para lançar Mulher Maravilha: Ano Um, dentro da série Renascimento, que a Panini já começou a publicar no Brasil. “Ano Um” tem previsão de chegar por aqui nos próximos meses.

“Como tradição, nossos primeiros convidados são sempre quadrinistas. Para nós é um enorme orgulho iniciar os anúncios com a Nicola Scott, um expoente no mercado internacional de quadrinhos e uma voz importante na defesa do empoderamento feminino”, comenta Ivan Freitas da Costa, sócio-fundador da CCXP e curador da programação de quadrinhos do evento.