joseon exorcist
Imagem Divulgação
Anúncio

Depois de receber inúmeras críticas por distorção histórica e cultural, o K-Drama histórico ‘Joseon Exorcist‘ foi oficialmente cancelado hoje, em anúncios publicados pelas suas três empresas de produção (YG Studioplex, Creative Works e Lotte Culture Works) e pela própria emissora SBS. As críticas e boicote por parte dos coreanos, fizeram com que 20 patrocinadores abandonassem o drama, além de receber a assinatura de 184.000 pessoas em petição a Casa Azul pedindo pelo cancelamento.

Cenas como personagens usando adereços tradicionalmente chineses (penteados, espadas, decoração e arte) assim como a cena em que o banquete do qual o Príncipe Choongnyeong é visto oferecendo bolinhos chineses e vários outros pratos de origem chinesa a seus convidados estrangeiros, além da cena na qual o Rei Taejong massacra civis devido a alucinações, atraíram a raiva dos telespectadores.

Toda esta alegada distorção histórica e cultural, iniciou uma grande polêmica que gerou posicionamentos adversos ao K-Drama não apenas dos telespectadores, como dos internautas, do reconhecido Professor Seo Kyung Duk e até mesmo da Associação da Família Real Jeonju Lee. Confira abaixo, em tópicos, o que rolou desde as primeiras críticas até o cancelamento oficial do K-Drama:

CRÍTICAS DOS INTERNAUTAS COREANOS

Em plena época de acirrados debates culturais entre coreanos e chineses, nos quais os chineses alegam que a origem de inúmeros patrimônios culturais tradiconalmente coreanos, como o Kimchi, Hanbok, Taekwondo e etc, são na verdade de origem chinesa, muitos internautas coreanos movimentaram toda a web na Coreia do Sul ao alegar que o roteirista de “Joseon Exorcist“, Park Kye Ok, escreveu, intencionalmente, uma história fictícia destinada a zombar da fundação da dinastia Joseon.

Embora o drama fictício incorpore fantasia em uma linha do tempo tradicional da Era Joseon, a história afirma que o futuro rei da época procurou ajuda da Igreja Católica para derrubar a monarquia de Goryeo, o que é historicamente falso. Logo, acredita-se que mesmo antes do K-Drama começar a ser transmitido, o enredo partia do pressuposto de que Lee Sung Kye (mais tarde Rei Taejo), o fundador de Joseon, era muito fraco para derrubar a antiga monarquia.

Portanto, o boicote por parte dos internautas, não pedia pela modificação ou adiamento, mas sim pelo cancelamento definitivo. Os telespectadores do K-Drama, não apenas protestaram através de reclamações diretas com a emissora SBS, mas também através de petições enviadas a Casa Azul (casa do presidente do país); Com empresas e marcas patrocinadoras, além de deixarem inúmeras queixas em organizações de radiofusão.

Anúncio

CRÍTICA ACADÊMICA

O professor Seo Kyung Duk, da Sungshin Women’s University, muito conhecido por protagonizar uma campanha internacional pela retirada da bandeira imperial japonesa da Olímpiada de Tokyo, por seu significado histórico ofensivo para nações dominadas pelo Japão, também criticou o K-Drama.

Em seu Instagram, ele postou:

O Drama ‘Joseon Exorcist’ deixou um impacto duradouro com sua controvérsia de distorção da história. Internautas chineses já começaram a apoiar cenas do drama dizendo que a série retrata bem uma cultura típica coreana no Weibo.

Recentemente, a China tem feito afirmações infundadas dizendo que o Hanbok, o Kimchi, o Pansori, e etc, são parte de sua cultura. E a rede apenas alimentou ainda mais essas afirmações distorcidas. A equipe de produção deveria ter sido mais cautelosa, pois estava bem ciente da situação atual, afirmando ‘esses tempos delicados’ em seu depoimento.

Como todos sabem, o K-Drama tem muitos espectadores em todo o mundo. Limitamos o tempo para informar o mundo sobre nossa cultura, muito menos sobre a distorcidade história coreana.

Temos que proteger nossa própria cultura e história.

POSICIONAMENTO DA FAMÍLIA REAL JEONJU LEE

A “Associação da Família Real Jeonju Lee“, que é composta por ancestrais do clã Lee de Joseon, que governou a Coreia por mais de 500 anos, no dia 24 de Março, chegou a emitir um comunicado que pedia à SBS que ‘Joseon Exorcist‘ fosse cancelado:

Solicitamos o cancelamento imediato do drama ‘Joseon Exorcist’, que distorceu a história e a cultura coreana, e mostrou favoritismo ao projeto de História do Nordeste da China.

‘Joseon Exorcist’, da SBS, adotou os nomes de figuras históricas Rei Taejong, Grande Príncipe YangYeong, Príncipe Choongneyong (posteriormente Rei Sejong) e os incorporou em uma narrativa falsamente distorcida. Como resultado, a maioria da nação levantou preocupações sobre o falso retrato histórico e visão negativa que este drama vai lançar sobre a família real de Joseon e, de acordo, decidimos exigir uma solução para este problema da estação de radiofusão e da equipe de produção envolvida imediatamente.”

O comunicado inclui um link de petição para a Casa Azul, criada pelos próprios telespectadores.

SBS E TIME DE PRODUÇÃO JOSEON EXORCIST

Inicialmente, a emissora do K-Drama decidiu cancelar a exibição por uma semana para editar as partes que causaram a controvérsia e lançou o comunicado que dizia:

Como lidamos com pessoas reais e com a História, deveríamos ter tido cuidado, e examinado eles, mas sentimos uma responsabilidade infinita por não sermos capazes de fazê-lo. Os VODs para o primeiro e segundo episódios que foram ao ar até agora, serão suspenso até serem revisados. Também cancelaremos na próxima semana para reorganizar todo o conteúdo.”

A SBS também disse:

Faremos o nosso melhor para não fazer os espectadores sentirem qualquer inconveniente, inspecionando minunciosamente o conteúdo durante o processo de ‘Joseon Exorcist’ que será exibido no futuro.

Os produtores de ‘Joseon Exorcist‘ se desculparam por causar mal entendidos com a arte chinesa e outros adereços, e prometeram deletar todas as cenas polêmicas.

Contudo, foi relatado por um interno da equipe, que o K-Drama inteiro será cancelado, e que os telespectadores já podem aguardar pelo pronunciamento oficial da SBS em breve:

‘Joseon Exorcist’ será cancelado. Depois que o conteúdo relacionado ao episódio 2 foi lançado, os espectadores não poderão ver o resto. O produtor Shin Kyung Soo está atualmente em contato com os atores do drama para notificá-los do cancelamento.”

O time de produção chegou a se desculpar:

“Definimos o local como Uiju (fronteira da Dinastia Ming) para enfatizar que o príncipe Chungnyeong teve que viajar uma longa distância até a fronteira chinesa no lugar do Príncipe Herdeiro para trazer de volta o exorcista ocidental, e adicionamos legendas para isso.

Era um local em que o grupo do exorcista ocidental poderia descansar depois de viajar da Dinastia Ming e prestes a entrar em Joseon. Por se tratar de uma região próxima à fronteira com a Dinastia Ming, preparamos os adereços pensando que haveria tráfego frequente de chineses.

Esta foi uma configuração para explicar a localização desses personagens que estavam em uma área remota longe de Hanyang (atual Seul) na história, e não havia nenhuma intenção especial por trás disso.

Lamentamos por causar desconforto durante a visualização de uma cena que poderia ser mal interpretada durante este período delicado. Prestaremos muita atenção à produção em futuras transmissões.

O time de produção de Joseon Exorcist.

CANCELAMENTO OFICIAL

Hoje, dia 26 de Março, foi anunciado oficialmente o cancelamento do K-Drama. A decisão da emissora de cancelar a produção temporariamente, levou aos internautas coreanos a pensarem que haveria a possibilidade da venda da produção para o exterior, gerando mais protestos pela internet. Portanto, a série foi dada como encerrada pela SBS e pelas três empresas de produção do K-Drama.

A SBS lançou hoje o seguinte comunicado oficial:

Notificamos a posição da SBS em relação ao drama ‘Joseon Exorcist’.

A SBS reconhece a gravidade desta situação e, como resultado, tomamos a decisão de cancelar ‘Joseon Exorcist’ e abolir todos os contratos de distribuição no exterior.

A SBS já pagou várias taxas de distribuição no exterior com antecedência em relação a este drama, e a produtora concluiu as filmagens de até 80% do conteúdo.

Apesar das nossas preocupações com as perdas significativas ocorridas tanto em nome da emissora como da produtora do drama, como emissora pública, a SBS sente a grande responsabilidade por esta questão. Portanto, notificamos que a exibição do drama foi oficialmente cancelada.

A YG Studioplex, Creative Works e Lotte Culture Works, também se pronunciaram hoje em comunicado:

Olá, esta é a equipe produtora de ‘Joseon Exorcist’.

Em primeiro lugar, oferecemos nossas sinceras desculpas a todos os espectadores. Decidimos emitir esta declaração em resposta a muitas perguntas, solicitando esclarecimentos sobre o cancelamento da produção do drama, seguindo a declaração anterior da SBS.

Todas as produções foram interrompidas.

Reconhecemos a gravidade desta situação e faremos o nosso melhor para minimizar os danos infligidos a todos os funcionários e afiliados associados à série dramática. Todos os contratos de distribuição no exterior envolvendo ‘Joseon Exorcist’ estão sendo encerrados, e você deve esperar que todas as plataformas de streaming, tanto nacionais quanto internacionais, retirem o título de seu site até hoje.

Mais uma vez, inclinamos nossas cabeças em desculpas aos telespectadores por causar problemas.

Anúncio