Veja abaixo os trailers dos novos filme e séries divulgados essa semana no canal do Youtube da Netflix Brasil.

Crônicas de San Francisco | “Toda cidade tem um passado. Toda casa tem uma história.”

“Nesta minissérie Netflix inspirada na obra de Armistead Maupin, Mary Ann (Laura Linney) volta a San Francisco e se reencontra com a filha adotiva Shawna (Ellen Page) e o ex-marido Brian (Paul Gross) 20 anos após abandoná-los para investir em sua carreira. Em meio à crise de meia-idade provocada por sua vida aparentemente perfeita em Connecticut, Mary Ann é atraída de volta para a órbita de Anna Madrigal (Olympia Dukakis) e da jovem geração LGBTQ vivendo no número 28 de Barbary Lane.”. A primeira temporada estreia 7 de junho.

Jinn

O dia a dia de um grupo de adolescentes sofre uma reviravolta com a chegada de um jinn em busca de ajuda. A vida na escola nunca mais será a mesma. Estreia em 13 de junho, só na Netflix.” Primeira temporada estreia 13 de junho.

Meu Eterno Talvez

“Todo mundo achava que Sasha e Marcus acabariam juntos, menos Sasha e Marcus. Mas 15 anos depois, eles se reencontram e imaginam… será?!”. O filme estreia 31 de maio.

O Escolhido

“No isolado vilarejo de Aguazul, O Escolhido oferece a cura para todas as doenças. Três médicos o desafiam e se vêem subitamente presos nos mistérios e segredos desta comunidade. E você, acredita no Escolhido? Mais uma série brasileira original Netflix, estreia dia 28/6.”

Como Vender Drogas Online (Rápido)

“Mortiz resolveu montar um negócio de venda de drogas online com seu melhor amigo Lenny e agora seus dias de nerd estão contados. Estreia em 31 de maio, só na Netflix.”

Leila

“Em um futuro no qual a pureza é lei, uma mulher se rebela contra o pesadelo. A razão de sua jornada pelas profundezas do inferno é apenas uma: sua filha Leila. Todos os episódios em 14 de junho, só na Netflix.”

Bandidos na TV

“Uma série sobre assassinato, poder, uma celebridade e um império do crime. Conheça a história real do apresentador de TV acusado de literalmente matar para ganhar audiência e usar seu programa para esconder a verdade.”