Quando um filme está em tela, ele têm como objetivo apresentar uma trama bem amarrada e clara para que todos entendam e se divirtam com ele.

O surpreendente é quando ele não deixa nada claro e apenas flui a história, trazendo uma fotografia bem pesada, personalidades bem comuns na periferia de um drama/comédia que faz você esperar algo a mais, porém mesmo não tendo isso, Como é Cruel Viver Assim acerta em cheio em diversão e risadas, ainda misturando com a realidade da pobreza do Rio de Janeiro.

Como é Cruel Viver Assim

O Golpe

Tentando melhorar de situação, um casal pensa em praticar um golpe para poder encher os bolsos de dinheiro, mas tudo que pode dar errado acontece e no fim o que você espera, não acontece, mesmo com o plano todo dando errado, ainda fica um vazio esperando que eles deem um jeito e continuem o plano, mas nada disso acontece e eles voltam para a vida comum de classe baixa, um vazio acidental que te faz desejar uma continuação, torcendo para que aquela família consiga se dar bem, melhorar a vida deles, mas isso não acontece.

Uma pegada mais realista com um humor mais escondido é o que a trama têm para mostrar, e esse vazio que fica é substituído pela surpresa de um filme quase na pegada blockbuster que atinge suas metas em divertir, um plano com um bando de desastrado que passou longe de ser um filme palhação e foi uma grande surpresa objetiva e certeira com realidade e humor.

Como é Cruel Viver Assim

Realidade Impactante

O objetivo do filme é trazer uma realidade a qual impacte, e nada melhor que uma periferia do Rio com uma fotografia bem pesada para trazer isso, e o elenco conseguiu trazer esse ar de pobreza em tela, principalmente a atriz Fabíola Nascimento, onde interpreta Clívia, uma esposa que só quer agradar e proteger seu marido, não procura grandes fortunas, mas têm sua lavanderia que não traz muito dinheiro, mas é o importante é que é dela, e com isso ela consegue cuidar de seu marido.

Uma realidade de muitos na sociedade atual, e ela fica perdida quando todos os outros estão armando o plano, porque para ela a vida estava bem, nada de grandes aventuras mas sem grandes riscos, o papel mais humilde da trama não só serviu como alívio cômico como pode-se ver você mesmo no lugar dela.

Como é Cruel Viver Assim
Como é Cruel Viver Assim (Imagem Divulgação)

A simplicidade em tela

Um filme via Universal Studios brasileiro é mais um passo que o cinema nacional é gigante, trazendo ótimas histórias e superando até alguns blockbusters norte americanos, Como é Cruel Viver Assim faz as pessoas rirem das situações, sendo elas divertidas ou risadas de nervoso por ser realidade que vivemos.

O elenco em coletiva comentou que não lançaram esse filme de propósito em épocas atuais de crises na sociedade e pré eleições, muito da trama casa bastante com a situação de muitas periferias do Brasil hoje em dia, a simplicidade que acabou sendo brilhante em tela, mesmo deixando um certo vácuo em roteiro agrada muito e deve ser abraçado por todos que gostam de uma história engraçada misturada com periferia e zero pastelão.