attack on titan 139
Imagem Divulgação
Anúncio

Nesta quinta-feira (08/04), nos despedimos de um dos grandes fenômenos do universo do mangá: Attack On Titan.

Ser a primeira e única obra de Hajime Isayama não a impediu de se tornar um sucesso comercial desde a sua primeira publicação em 2009 sob o título de Shingeki no Kyojin, no Japão, pela revista Bessatsu Shounen Magazine da Editora Kodansha.

A história de Attack On Titan se passa em torno do personagem Eren Jaeger, um garoto que teve a sua mãe devorada por titãs – seres humanoides gigantes – e que, portanto, se alista às Forças Armadas em busca de vingança, junto com sua irmã Mikasa e seu amigo, Armin.

Durante esses 11 anos e meio de publicação, o mangá liderou muitas vezes nos ranking de vendas, e recebeu diversas serializações inspiradas; o anime homônimo lançado em 2013 possui 4 temporadas, tendo a primeira parte da 4ª temporada recentemente concluída pelo estúdio MAPPA, que também confirmou a segunda parte (que será a temporada final) para o inverno de 2022. É uma grande honra para qualquer mangá ganhar uma animação no Japão, e a quantidade de temporadas realmente faz jus ao enredo do mangá, que em 139 capítulos, nos apresenta personagens profundos e bem construídos, fazendo muitas vezes, referências aos aspectos da história mundial.

Attack On Titan conta ainda com adaptações em Live-actions, live stages e um anime de comédia de personagens chibi (personagens pequenos estilizados de forma cômica) chamado Shingeki! Kyojin Chuugakkou.

No Brasil, o mangá de Attack On Titan chegou pela Panini Comics em 2013, traduzido para o nome Ataque dos Titãs, e já possui 32 volumes publicados pela editora, com a previsão da entrega do último volume (34) em junho desse ano.

Anúncio

COMPRE ATAQUE DOS TITÃS NA AMAZON

Anúncio