Após as acusações contra Nobuhiro Watsuki, o mangaká retorna seu trabalho nas páginas da Jump Square, da editora Shueisha, para continuar o arco de Hokkaido em Samurai X, especificamente em 4 de junho.

O mangaká foi acusado de possuir diversos DVDs com conteúdo pornográficos de garotas pré-adolescentes, o que fora comprovado pela Polícia Metropolitana de Tóquio, após uma busca em sua casa.

Afirmando gostar de “garotas do fim do primário até o segundo ano do ensino médio”, foi multado em fevereiro deste ano em um valor aproximado de R$ 6 mil. 

Sob autoria de Nobuhiro Watsuki e sua esposa, Kaoru Kurosaki, o Arco de Hokkaido começou a ser lançado na Jump SQ em setembro.

No ano passado foi lançado Rurouni Kenshin Ibun: Ashittaro Zenka Ari, história que serve de prólogo para Hokkaido Arc. A publicação foi um derivado focado em um novo espadachim, Ashitaro Hasegawa.

No Brasil, o mangá de Samurai X é publicado pela Editora JBC. Ainda não há informações se o novo arco sairá por aqui.