mangateca comunitaria
Imagem Divulgação
Anúncio

Melhor do que gostar de uma coisa é compartilhá-la com outras pessoas. Assim, Ed Cura, responsável pelo perfil do Instagram Anime Dicria criou uma iniciativa pra levar os mangás de forma democrática até uma comunidade do Rio de Janeiro.

O projeto tem como objetivo fundar uma mangateca comunitária no Morro do Fallet, combatendo a falta de acesso à leitura das favelas. Assim, um financiamento coletivo foi criado no Catarse, para realizar esse projeto tão importante. A meta é arrecadar 20 mil reais, a fim de cobrir os custos de aluguel e manutenção do espaço por um ano.

A expectativa é de que a mangateca seja aberta ainda no 1º semestre de 2022, e para isso as contribuições podem ser via Catarse, pix ou picpay.

Além da contribuição em dinheiro, o Anime Dicria também está recebendo doações de mangás e HQ’s para o acervo, já tendo arrecadado mais de 2 mil exemplares em 5 meses. Para fazer a doação basta ir pessoalmente na Feira da Glória, aos domingo, na Av. Augusto Severo, 2702, no bairro da Glória. Quem não tem essa possibilidade pode enviar por correio (o endereço pode ser solicitado via Instagram).

mangateca comunitaria
Imagem Divulgação

A campanha da mangateca foi feita em parceira com o JBox, um dos portais de cultura pop japonesa no Brasil mais importantes atualmente. O portal está oferecendo apoio logístico e de divulgação, e não será beneficiário de nenhum valor doado para a campanha.

Ed Cura começou a chamar a atenção dos grandes veículos de imprensa como Globo, Band, Uol, e outros, por representar personagens dos animes no cotidiano carioca. Além disso, o Anime Dicria também posta semanalmente as notícias mais importantes da semana.

Anúncio

Você pode apoiar esse projeto clicando no link abaixo.

CATARSE – MANGATECA

Anúncio