A live-action de Akira, que está programado para estrear no dia 21 de maio de 2021, já deve deve começar as gravações. O plano inicial seria de começar a produção do filme 15 de julho em Los Angeles, mas foi adiada para 19 de agosto.

Warner Bros é o estúdio responsável e irá participar da escolha do elenco. O filme, que será dirigido por Taika Waititi (Thor: Ragnarok), já contratou equipes cinematográficas, de design de produção e de figurinos, de acordo com o site Discussing Film.

O filme é baseado no mangá e animação criada e dirigida por Katsuhiro Otomo de mesmo nome, publicado em 1982, que mostra a história de Kaneda Tetsuo que participam de uma gangue de motoqueiros na Neo Tóquio de 2019 que sofre com atentados terroristas e experimentos do governo que acabam tendo consequências ruins. O anime foi lançado no Brasil em 1991 e foi considerado um marco.

A revista Production Weekly revelou a algum tempo atrás a sinopse do filme, confira:

“Quando a telecinese de um jovem é descoberta pelos militares, ele é levado para ser transformado em uma super arma. Assim, Manhattan corre perigo de ser destruída.Tempos depois, Kaneda, dono de um bar em Neo-Manhattan, busca seu irmão, Tetsuo, seqüestrado por agentes do governo. Desesperado para ter seu irmão de volta, Kaneda concorda em se juntar a Ky Reed e seu movimento clandestino com a intenção de revelar ao mundo o que realmente aconteceu a Nova York há 30 anos quando foi destruído.Após encontrar seu irmão, Kaneda fica chocado quando ele exibe poderes telecinéticos. Ky acredita que Tetsuo está prestes a libertar um menino. Denominado de Akira, este garoto assume o controle da mente de Tetsuo, e Kaneda enfrenta as tropas do governo em seu caminho para impedir Tetsuo de libertar Akira. Akira logo emerge de sua prisão como cortesia de Tetsuo, enquanto Kaneda corre para salvar seu irmão antes que Akira destrua mais uma vez a ilha de Manhattan, como fez há trinta anos.”