Anúncio

A Temporada de Inverno 2020 começa pegando fogo, como sempre muitos animes para assistir os quais o hype não pode ser contido e a espera se torna uma agonia. Esse ano de 2020 temos um número considerável de animes de esporte, como no caso a sequência de Ace of Diamond act II, onde seu arco está sendo montado desde o ano passado, que Sawamura busca uma prova pessoal de que merece ser o ace da Seidou e levar o grande representante de Tokyo ao título do Koushien.

Para os que não conhecem, Koushien é um grande campeonato de baseball japonês que une todas as escolas do país, pode relacionar com os  interclasses no Brasil, que muitas vezes contam com a presença de olheiros de vários clubes para contratar e jogar no sub-20, a qual terá uma chance na Copa São Paulo de Futebol Júnior, pois esses torneios são uma grande vitrine para os novos jogadores que buscam uma carreira como profissional, a chance de muitos garotos, e isso é a ambição da Seidou desde o anime passado, após uma frustrante derrota, a escola chega ao Koushien depois de sete anos, e buscar provar do talento de grandes jogadores já presentes no anime e novos nomes do primeiro ano que merecem esse título.

Os primeiros episódios já alimenta aquela velha rivalidade de Sawamura e Furuya. Se nas primeiras temporadas provava a diferença de qualidade de jogador, agora então só destaca que Furuya não é só um grande jogador como uma promessa de talento, no Koushien se mostra ainda mais competitivo, pois Furuya é o nome mais comentado entre jornalistas, um nome que deve estar sendo visto por olheiros de grandes times, enquanto o Sawamura continua sendo o sonhador que se mostra muito imaturo na posição de ace, mesmo tendo crescido bem e melhorado suas habilidades, ainda se mostra abaixo do nível profissional (e juvenil também), demonstrando muita afobação como já visto nos arcos anteriores, mas se destacando como um possível grande ace quando se precisa, mesmo vivendo na sombra de Furuya ainda, prova que também têm talento e garra para ser o melhor ace da Seidou.

Por ser o encontro de todas as escolas, é claro que teríamos velhos adversários já enfrentados pela Seidou durante o anime, muito explorado no segundo episódio, o início de Diamond no Ace Act ll é para te mapear dos acontecimentos passados e preparar a trama para o Koushien, não se vê uma mudança drástica e nem grandes surpresas no novo arco do anime de início, mas por ter uma história muito bem escrita e trabalhar os pontos emocionais do lado esportivo como a volta por cima após a queda, a mudança de time com os alunos do terceiro ano se formando e toda uma nova base para um novo planejamento para o Koushien engrandece a trama a um nível quase que real do mundos dos esportes, se mantém na mesma fórmula já apresentada, os fãs certamente abraçam a ideia e estão gostando do novo arco.

O anime trabalha bem a ambição do sonho em todos os personagens, inclusive nos adversários, é uma fórmula batida a primeira impressão, mas um ponto forte para fãs do gênero, não há exclusividade de interesses e o protagonismo do Sawamura não invade o espaço dos outros, aliás isso é algo que permanece em Diamond no Ace Act ll.

Sawamura continua aquele protagonista omisso que se destaca apenas em alguns momentos épicos e muitos casos na parte cômica, chamar o personagem principal de omisso na trama chega a ser até uma figura de linguagem, mas esse apagar de holofotes nele é um incômodo necessário, porque ele não é especial, aliás está longe de ser, precisa provar o porquê ele está lá, em um elenco forte como o da Seidou, e a cada episódio ele buscar crescer, o que deve seguir nesse novo arco, existe o desinteresse por Sawamura, mas sua ambição e bom talento bate a curiosidade de quem está ao redor, o descartável alí é a chave para uma esperança da Seidou conquistar o Koushien.

Sem surpresas no desenvolvimento da trama, mas uma grande evolução de personagens e com adição de novos nomes, escala o anime para um outro patamar, em busca do título do Koushien, Ace of Diamond Act ll estava sendo aguardado por muitos e finalmente está entre nós, e a torcida pela Seidou permanece junto com o crescimento pessoal de Sawamura. O estúdio Madhouse prometeu entregar 52 episódios – atualmente encontra-se no episódio 40.

ASSISTA AGORA NA CRUNCHYROLL