Uma coisa é certa: o cinema nacional está se tornando forte! De filme em filme, grandes produções, belas atuações e junto com a nova geração de diretores, o cinema brasileiro está virando uma realidade e crescendo cada vez mais. Este é o caso de Soundtrack!

Confira também: O Rastro | Review

Barra da Tijuca Congelada!

O novo filme onde Selton Mello é o protagonista, prova o novo momento do cinema nacional com uma grande produção de cair o queixo. Soundtrack mistura um elenco de brasileiros (Seu Jorge) e estrangeiros, como Ralph Ineson – que atuou em A Bruxa, fez figuração em Harry Potter e emprestou sua voz para um personagem no jogo Assassin Creed: Black Flag – além dos produtores da 300ml terem ido até a própria Antártida, para refazer o ambiente gélido, incontestável a produção desse filme.

Horizonte Único

O roteiro é muito bom e mesmo que pareça confuso em alguns momentos, é interessante os questionamentos e pontos de vistas de cada personagem. Com isso, você é envolvido diante a agonia que é morar em um lugar desses (gélidos), com pessoas de vários lugares do mundo e personalidades diferentes, além do surto psicológico que é morar no meio do gelo onde ao horizonte é apenas uma mistura de céu e chão esbranquiçados.

Soundtrack é uma prova de roteiro, produção e fotografia – de cair o queixo – muito bem feitas, com belas atuações de todos os atores e a marca de mais um filme nacional de respeito. Que todos aqueles que se dizem fãs de cinema assistam essa nova obra nacional, digna de premiações, rasgamos elogios pois mais uma vez, para os odiadores do cinema nacional, esse filme é mais um “cala a boca”.