“Eu não como carne desde que comecei a escolher a minha própria comida”, afirma Sofia, personagem de Letícia Braga em A Menina Índigo, filme de Wagner de Assis (Nosso Lar) que estreou no mês passado e que já conta com nossa REVIEW!

Confira também: Historietas Assombradas – O Filme | Review

Na cena disponível abaixo, a garota recusa o lanche servido pelo pai, o jornalista Ricardo, vivido pelo ator Murilo Rosa. Sem entender, o pai pergunta o motivo, e se depara com a seguinte explicação: “Porque eu descobri que a carne vem do boi, e o boi é nosso amigo, porque ele namora a vaca, que dá o leite pra gente”, explica. O longa tem produção da Cinética Filmes, coprodução da Inspired e da Naymar e as produtoras associadas Mar Produções, Erlanger Comunicação & Arte. A distribuição é da Film Connection.

“A Menina Índigo” conta a história de uma criança cheia de vontades próprias, que adora pintar e ajudar as pessoas. Filha de pais separados, interpretados por Murilo Rosa e Fernanda Machado, ela vai mexer com a vida de todos com suas atitudes pouco convencionais. No elenco, estão ainda Eriberto Leão, Paulo Figueiredo e Xuxa Lopes. A protagonista mirim, Letícia Braga, já interpretou Aninha, em “A Regra do Jogo”, fez participação em “Detetives do Prédio Azul, e foi a irmã caçula de Sophie Charlotte em “Os Dias Eram Assim”.

O filme apresenta também diversas questões que fazem parte das milhares de Sofias da vida real – como identificar talentos e necessidades dos filhos, qual o papel da escola nos dias de hoje, como educar corretamente, o que são doenças como Distúrbio Déficit de Atenção (DDA) e Hiperatividade. “A Menina Indigo” é dirigido por Wagner de Assis, diretor que em 2010 levou mais de 4 milhões de espectadores aos cinemas para assistir ao “Nosso Lar”, adaptação para o cinema do livro homônimo de Chico Xavier. Wagner se prepara para filmar a continuação de Nosso Lar, os Mensageiros, e a cinebiografia de Allan Kardec.