E aí leitores do Suco de Mangá. Tudo em cima? Sim? Não? Bem, o mês de Abril foi tipo um BOOM! Diversos lançamentos, garimpagem atrás de garimpagem e imprevistos que felizmente eu consegui dar conta, mas nada que comprometesse o nosso JUICEBOX, portanto, trago até vocês a seleção de Abril.

Confira também: GLIM SPANKY: vocal, riffs e autenticidade | Suco Apresenta

Satellite Young

Satellite Young
Satellite Young

Mágico! É com essa palavra que a tríade do Satellite Young nos coloca diante do seu primeiro álbum, e que convenhamos, é de uma nostalgia fantástica. Proporcionando o melhor do som oitocentista com 12 faixas, o trio composto por Emi Kusano, Bellemaison Seikine e Tele Hideo, trouxe o que nós poderíamos chamar de obra de arte, isto é, faixas como: Sniper Rouge (com participação especial de Mitch Murder), Geeky Boyfriend, Jack Doushi, Fake Memory e Nonai Muchoo (com participação especial de brinq) carregam fielmente a essência do som dos anos 80 e eu me arriscaria a dizer que talvez Satellite Young seja o melhor álbum do mês.

GLIM SPANKY

I STAND ALONE
Virgin Music

No auge do sucesso, o duo GLIM SPANKY retornou do estúdio com o seu terceiro álbum e ao que parece, nesse meio tempo, o dueto amadureceu de uma forma bastante perceptível. O som continua na linha do blues-rock, tanto o vocal de Remi Matsuo quanto os riffs e solos de Hiroki Kamemoto, mas dessa vez com um diferencial que é o equilíbrio entre os instrumentos nas músicas I STAND ALONE, E.V.I, Freeder e Utsukushii Ibara, ademais, I STAND ALONE ainda apresenta a delicada Otsukisama No Uta e três faixas ao vivo da apresentação do GLIM SPANKY no STUDIO COAST em 2016: NIGHT LAN DOT, Hanashi Wo Shiyou e BOYS&GIRLS.

yonige

Neyagawa City Pop
small indies table

Quem também está com um trampo novo são as minas do yonige que eventualmente participaram de uma coletânea em tributo ao Asian Kung-Fu Generation. Neyagawa City Pop, praticamente moldado ao pop e rock traz cinco faixas com um sutil toque de Gokkin (Contrabaixo e Refrão) e Arisa Ushimaru (Vocal e Guitarra), tendo como destaque a música Sayonara Prisoner.

DYGL

Say Goodbye to Memory Den
Hard Enough

14 faixas são o suficiente para mostrar que Say Goodbye to Memory Den, o primeiro álbum do DYGL (pronúncia-se Day Glo) merece estar nesse JUICEBOX. Por quê? Há três motivos: O primeiro é saber que Say Goodbye to Memory Den é produzido por Albert Hammond Jr, renomado guitarrista do The Strokes. Segundo, Nobuki Akiyama, Kohei Kamoto e Yotaro Kachi também compõem a banda de indie pop Ykiki Beat e terceiro, Come Together, a faixa main track oferece o gostinho do punk, indie rock e garage de Say Goodbye to Memory Den.

PassCode

bite the bullet
USM Japan

Alcançando às primeiras posições no iTunes Honduras, no iTunes Tailândia e nos iTunes França e Alemanha, bit the bullet, o segundo single do grupo idol PassCode tem como raízes o heavy metal, rock e o loud rock, semelhantes as bandas Fear in Loathing in Las Vegas e Babymetal. Quer uma prova? Ouça a canção homônima ao single.