Conhecido por trabalhar como editor-chefe na revista Morning da Kodansha e na série de mangá Shingeki no Kyojin, Chonhyon Park, de 41 anos, foi preso pelo assassinato de sua esposa.

Shingeki no Kyojin | Trailer da segunda temporada é revelado

Segundo a Divisão de Investigação Criminal, Park estrangulou sua esposa, Kanako Park, de 38 anos, até a morte no dia 9 de agosto do ano passado em sua casa em Tóquio. Na ocasião, Park ao ligar para os serviços de emergência disse que ao chegar em casa, viu sua esposa caída no final da escada. Sua esposa fora levada às pressas para o hospital, mas declarada morta na chegada.

Após a morte de sua esposa, Park também declarou que ela teria praticado o suicídio, mas uma autópsia mostrava os sinais de estrangulamento no pescoço de Kanako, o que acabou levando ao processo de investigação.

A Kodansha emitiu uma declaração nesta terça-feira: “[Park] mantém a sua inocência.Esperamos os resultados da investigação e estão lidando com [este incidente] com a máxima cautela.

Fonte: Anime News Network